DINHEIRO

FGTS: confira o calendário do saque extraordinário e quem tem direito

Caixa começa a liberar o resgate do novo saque extraordinário de até R$ 1 mil do FGTS a trabalhadores que

Michelle Portela
postado em 19/04/2022 14:13

A Caixa começa a liberar o resgate do novo saque extraordinário de até R$ 1 mil do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) a partir desta quarta-feira (20/4), e publicou um cronograma de pagamento até junho. O banco estima que disponibilizará mais de R$ 30 bilhões para mais de 40 milhões de trabalhadores no país.

Vão receber o novo saque do FGTS todos os trabalhadores brasileiros que têm saldo nas contas ativas ou inativas do Fundo de Garantia. Independentemente de o trabalhador estar empregado, desempregado ou trabalhando informalmente, a única exigência é que o mesmo tenha saldo vinculado ao FGTS. O saque respeitará o teto de R$ 1 mil.

 

O cronograma de pagamentos acontecerá a partir desta quarta-feira para os nascidos em janeiro e seguirá até 15 de junho, para nascidos em dezembro. Confira o calendário de pagamento. 

  • Nascidos em: 
  • Janeiro  - 20 de abril
  • Fevereiro - 30 de abril 
  • Março - 4 de maio 
  • Abril - 11 de maio 
  • Maio - 14 de maio 
  • Junho - 18 de maio 
  • Julho - 21 de maio 
  • Agosto - 25 de maio 
  • Setembro - 28 de maio 
  • Outubro - 01 de junho
  • Novembro - 08 de junho 
  • Dezembro - 15 de junho

 

Como fazer

Desde o último dia 8 os trabalhadores podem consultar se têm direito ao benefício – além de valores e datas para receber o dinheiro. As consultas podem ser feitas pelo site da Caixa, por uma versão atualizada do aplicativo FGTS e nas agências da Caixa.

Na consulta pelo site do FGTS, é possível saber se o trabalhador tem direito ao Saque Extraordinário do FGTS e consultar a data de crédito na Conta Poupança Social Digital.

Já pelo aplicativo FGTS e nas agências da Caixa, é possível consultar o valor a ser creditado; consultar a data de crédito na Conta Poupança Social Digital; informar que não quer receber o crédito do valor; solicitar o retorno do valor creditado para a conta FGTS; alteração cadastral para criação de Conta Poupança Social Digital.

 

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE