Sem empolgar, Brasília Basquete perde a segunda no NBB para o Bauru

Time paulista dominou o jogo diante do Brasília do início ao fim, vencendo por 93 x 70 o duelo disputado em Mogi das Cruzes

Correio Braziliense
postado em 16/11/2020 23:16
Brasília Basquete perde para Bauru Basket no início do NBB 2020/2021 -  (crédito:  João Pires/LNB)
Brasília Basquete perde para Bauru Basket no início do NBB 2020/2021 - (crédito: João Pires/LNB)

Esta segunda-feira (16/11) não foi um bom dia para os times candangos que colocam o Distrito Federal, pela primeira vez, com dois representantes no Novo Basquete Brasil (NBB). Após o Cerrado estrear na principal competição nacional da modalidade com derrota diante do Sesi Franca, por 86 x 79, foi a vez de o Brasília Basquete sair de quadra com a mesma sensação amarga, pelo resultado adverso de 93 x 70, diante do Bauru Basket, no ginásio Hugo Ramos, em Mogi das Cruzes.

Desde o início da partida, o Bauru já mostrava que não facilitaria a vida do Brasília. Nem mesmo o veterano Alex Garcia, um antigo conhecido dos amantes do basquete da capital federal. Recuperado de um desconforto na coxa, o ala de 40 anos que já foi ídolo em Brasília anotou 10 pontos nos 19,5 minutos que ficou em quadra pelo time paulista. Mas foi Gui Deodato que não poupou inspiração, saindo como cestinha do jogo com 22 pontos, sem dar chances de reação à equipe candanga.

O Bauru dominou a partida do início ao fim e não teve dificuldade para consolidar a segunda vitória do time, mantendo os 100% de aproveitamento neste início de temporada no NBB 2020/2021. Logo no primeiro quarto, o Bauru fez 23 x 15, indo para o intervalo com uma vantagem ainda maior, de 48 x 27.

Do outro lado, a maioria dos pontos do Brasília Basquete ficou concentrada na atuação de Diego (18), Gemerson (14) e Marcelão (13), mas não foi suficiente para o time comandado por Ricardo Oliveira mostrar poder de reação. A partida terminou 93 x 70.

Na próxima rodada, a equipe brasiliense enfrenta o Caxias do Sul, às 16h, na quarta-feira, também no ginásio Hugo Ramos, uma das sedes fixas do primeiro turno da competição — medida tomada para tentar reduzir as viagens e os riscos de contágio do novo coronavírus. Já o Bauru pega o Cerrado Basquete, no mesmo dia e local, às 18h30.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE