futebol internacional

Tanque analisa primeira temporada no Jeju United, da Coreia do Sul

Tanque vive momento especial na Coreia do Sul

Tanque vive momento especial na Coreia do Sul  -  (crédito: Foto: Divulgação/Jeju United)
Tanque vive momento especial na Coreia do Sul - (crédito: Foto: Divulgação/Jeju United)
Jogada10
postado em 22/11/2023 12:53

A K-League 1, Primeira Divisão do campeonato nacional da Coreia do Sul, tem como um dos principais destaques um jovem atacante brasileiro. Yuri Tanque, afinal, soma 10 gols e quatro assistências pelo Jeju United em 2023, números que o colocam entre os seis principais goleadores da liga.

Restando apenas dois jogos para o fim da temporada, Tanque se colocou como um nome fundamental para o Jeju United nas disputas da K-League 1 e da Copa da Coreia. Foram através de seus gols que o time conquistou o objetivo de ficar na elite e, ao mesmo tempo, avançar às semifinais no mata-mata.

Tanque vive momento especial na Coreia do Sul – Foto: Divulgação/Jeju United

Além dos números, sua idolatria passa também pela comemoração ao marcar (que faz alusão a um tanque de guerra e é marca registrada desde os tempos de Guarani). Assim, o astro ganhou o carinho dos fãs coreanos.

“Sou muito grato a Deus por tudo o que tenho vivido esse ano. Desde quando aceitei a proposta de vir para a Coreia, sabia que seria um ano de mudança e adaptação, e que teria que batalhar muito para corresponder. Porém, fui abençoado e pude realizar bons jogos e fazer bons números também, por isso um credito 2023 como um ano de bastante crescimento pessoal e de um início promissor em um país que criei muito carinho pela forma como sempre me trataram”, afirmou o centroavante de 25 anos.

Tanque já teve passagem na Europa

Pelo Jeju United, Tanque vivencia sua terceira experiência no futebol internacional. Anteriormente, já havia defendido o Gainare Tottori, do Japão, em 2019, e o Leixões, de Portugal, em 2022. Esta, porém, é a passagem em que o brasileiro coleciona maior minutagem, número de gols e assistências. Ao todo, são 35 partidas pelo Jeju United, 14 pelo Gainare Tottori e sete pelo Leixões, totalizando 56 fora do país e 49 na Ásia.

“Atribuo essa evolução primeiro a Deus, que guia meus passos. Depois, ao processo durante todos esses anos de carreira no futebol, que me fizeram aprender a crescer. Por isso, fico feliz em ver essa evolução pessoal. Mas, ao mesmo tempo, mantenho o foco e a determinação para continuar crescendo”, concluiu.

No Brasil, Tanque passou por equipes como Ponte Preta, Coimbra, Ferroviária, Capivariano e Guarani. Em 2022, foi o artilheiro do Campeonato Paulista A3, com 10 gols em 20 jogos pelo Capivariano, e, no segundo semestre, um dos principais nomes na arrancada do Guarani no segundo turno do Brasileirão, saindo da zona de rebaixamento até a décima colocação na tabela. Pelo Bugre, ele contribuiu com sete gols e duas assistências em 17 jogos.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: Twitter, Instagram e Facebook.

Gostou da matéria? Escolha como acompanhar as principais notícias do Correio:
Ícone do whatsapp
Ícone do telegram

Dê a sua opinião! O Correio tem um espaço na edição impressa para publicar a opinião dos leitores pelo e-mail sredat.df@dabr.com.br

-->