willian bigode

Santos negocia a contratação de Willian Bigode para a Série B

Willian Bigode tem contrato com o Fluminense até o fim de 2023 e pode acertar com o Santos

Willian Bigode tem contrato com o Fluminense até o fim de 2023 e pode acertar com o Santos  -  (crédito: - Foto: Mailson Santana / Fluminense)
Willian Bigode tem contrato com o Fluminense até o fim de 2023 e pode acertar com o Santos - (crédito: - Foto: Mailson Santana / Fluminense)
Jogada10
postado em 16/12/2023 20:01

Depois da queda para a  Série B, o Santos começa a reformular seu elenco para uma nova realidade. Nesse sentido, o Peixe negocia a contratação do atacante Willian Bigode, de 37 anos, que tem contrato até o fim deste ano com o Fluminense. Vale lembrar, que o atacante estava emprestado ao Athletico-PR nesta temporada, e o acerto com a direção santista tende a ser por um ano.

Fora dos planos do Tricolor, o jogador ficará livre no marcado no fim deste ano e pode assinar com qualquer equipe. Assim, nesta temporada, o experiente atleta disputou 28 jogos  e marcou quatro gols.

Willian Bigode tem o perfil desejado pela diretoria santista, que necessita reduzir os custos da folha salarial. Além disso, o Alvinegro Praiano não poderá apostar em jogadores com alto investimento, o que é o caso do atacante. A informação do interesse foi inicialmente divulgada pelo ‘SBT’

Conhece bem os paulistas

Ao longo da carreira, Bigode já defendeu as cores de outros dois times paulistas. O Corinthians, entre 2011 e 2012, e o Palmeiras, entre 2017 e 2021. Ele também acumula passagens por Cruzeiro, Metalist-UCR, Fluminense e Athletico-PR.

Por fim, o Santos também tem o interesse em Pedrinho, de 24 anos, que atualmente defende o Lokomotiv Moscou, da Rússia. O intuito é trazer o jogador por empréstimo de um ano.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Gostou da matéria? Escolha como acompanhar as principais notícias do Correio:
Ícone do whatsapp
Ícone do telegram

Dê a sua opinião! O Correio tem um espaço na edição impressa para publicar a opinião dos leitores pelo e-mail sredat.df@dabr.com.br

-->