Campeonato Português

Benfica arranca vitória sobre o Braga. A ferro e fogo!

O goleiro do Braga Matheus Magalhaes se antecipa tentando evitar a cabeçada do benfiquista Otamendi  (de preto) -  Foto:  Miguel Riopa/ AFP via Getty Images

O goleiro do Braga Matheus Magalhaes se antecipa tentando evitar a cabeçada do benfiquista Otamendi  (de preto) -  Foto:  Miguel Riopa/ AFP via Getty Images -  (crédito: O goleiro do Braga Matheus Magalhaes, se antecipa tentando evitar a cabeçada do benfiquista Otamendi  (de preto) -  Foto:  Miguel Riopa/ AFP via Getty Images)
O goleiro do Braga Matheus Magalhaes se antecipa tentando evitar a cabeçada do benfiquista Otamendi  (de preto) -  Foto:  Miguel Riopa/ AFP via Getty Images - (crédito: O goleiro do Braga Matheus Magalhaes, se antecipa tentando evitar a cabeçada do benfiquista Otamendi  (de preto) -  Foto:  Miguel Riopa/ AFP via Getty Images)
Jogada10
postado em 17/12/2023 19:46

Um gol logo no início, aos três minutos, do atacante dinamarquês Tengstedt, deu ao Benfica uma importante vitória por 1 a 0 sobre o Sporting de Braga, pela 14ª rodada do Português. O triunfo deste domingo (17/12) foi na casa do rival, no Estádio Municipal, que recebeu 25.532, o maior dos bracarenses neste torneio. Os benfiquistas fizeram bom primeiro tempo. Mas recuaram demais na etapa final, sofreram forte pressão e, no fim, celebraram muito a vitória sobre um dos melhores times da competição.

O Benfica vai aos 33 pontos, na liderança provisória. Mas as Águias podem perder a posição. Afinal, os vice-líderes Sporting e Porto se enfrentam nesta segunda-feira (no Alvalade, em Lisboa). Como ambos estão com 31 pontos, quem vencer termina a rodadas em primeiro. O Braga, que assumiria a liderança se vencesse, fica nos 29 pontos, em quarto lugar.

Veja aqui a tabela de classificação do Campeonato Português

Benfica e um gol-relâmpago

O Benfica saiu na frente aos três minutos. Zalazar perdeu a bola para Kokçu que viu a infiltração de Tengstedt. O passe foi perfeito e o atacante não falhou. Com a vantagem, o Benfica buscou cadenciar o jogo. Ainda assim teve duas chances com Di María e Otamendi, que pararam nas traves. O Braga também  buscou o ataque, mas sem o perigo que o Benfica impôs.

Pressão total do Braga

No segundo tempo, os bracarenses voltaram melhor. Passaram a finalizar muito, dando trabalho à defesa das Águias, e com  muito mais posse (68%). Djaló perdeu uma chance para empatar e Ricardo Horta, o principal jogador do Braga, fez um gol anulado por impedimento. O Benfica teve as suas chances. A melhor com João Mário. Na reta final, restou ao Benfica se fechar para garantir três pontos fora de casa contra um dos rivais mais fortes da Liga. Banza quase marcou, mas o goleiro Trubin salvou os visitantes. E ao fim do jogo, muita comemoração benfiquista.

Jogos da 14ª rodada do Português

Sexta-feira (15/12)
Farense 0x0 Estrela Amadora
Sábado (16/12)
Rio Ave 0x1 Vizela
Arouca 3×0 Gil Vicente
Boavista 1×1 Vitória
Domingo (17/12)
Chaves 1×3 Casa Pia
Moreirense 5×2 Portimonense
Famalicão 1x Estoril
Braga 0x1 Benfica

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Gostou da matéria? Escolha como acompanhar as principais notícias do Correio:
Ícone do whatsapp
Ícone do telegram

Dê a sua opinião! O Correio tem um espaço na edição impressa para publicar a opinião dos leitores pelo e-mail sredat.df@dabr.com.br

-->