Palmeiras

Endrick se torna a maior exposição da marca Palmeiras na História

Endrick virou mania e case de sucesso no Palmeiras

Endrick virou mania e case de sucesso no Palmeiras -  (crédito:  Getty Images)
Endrick virou mania e case de sucesso no Palmeiras - (crédito: Getty Images)
Jogada10
postado em 19/12/2023 23:28

Embora aos 17 anos, o atacante Endrick já se tornou o responsável pela maior exposição da marca Palmeiras em toda os tempos. O jovem, grande fenômeno do futebol brasileiro nos últimos anos, tem apenas um ano de carreira profissional, mas já se tornou mania e fez o clube ganhar um espaço cada vez maior na mídia e nas redes sociais desde a sua estreia, em 2022.

Dono de enorme talento, o atacante também se mostrou bem assessorado nas aparições públicas. Ponderado e articulado nas entrevistas, Endrick sempre evitou polêmicas dentro e fora do Palmeiras e já falou publicamente sobre o desejo de não repetir os erros de atletas anteriores. Seu bom comportamento o fez assinar um milionário contrato com a grife New Balance, passa a ser sua patrocinadora.

Mas Endrick sempre chamou atenção, além do carisma, pela imagem. Causou furor e gerou milhões de curtidas ao se apresentar à Seleção Brasileira utilizando roupas no estilo vintage, assinadas por estilistas famosos. Recentemente, movimentou as redes ao viajar à Espanha, onde chegou empunhando uma capa de jornal com seu rosto: virou, assim mesmo e novamente, outra capa de jornal.

Nos Estados Unidos, assistiu de perto aos jogos da NBA e aproveitou para tirar fotos com Jayson Tatum, craque do Boston Celtics. Não por acaso, um time verde. Mas o atacante garante que o norte-americano de 2,03m é seu ídolo. Assim, obteve mais algumas centenas de milhares de seguidores, mais milhões de cliques e expandiu ainda mais a marca palmeirense.

No primeiro ano, artilharia no Brasileiro

Mas não são apenas os milhões de seguidores e a exposição cada vez maior que classificam a contribuição de Endrick ao Palmeiras. Dentro de campo, o garoto viveu uma temporada memorável. Mesmo em seu primeiro ano completo como profissional, ele marcou 11 gols no Brasileirão e foi o artilheiro da equipe na competição. Além, é claro, de ter sido campeão.

Dessa forma, ficou à frente até do bem mais experiente Raphael Veiga, símbolo palmeirense e que balançou a rede nove vezes. Em todo o ano de 2023, foram 17 os gols de Endrick pelo Alviverde. Mas quem quiser continuar vendo o brilho do jovem no Brasil não pode perder muito tempo. Já vendido ao Real Madrid, ele só ficará no até junho. Um brilho que não deve ser efêmero, mas que é por tempo limitado; até que a grande promessa se junte aos craques do futebol europeu.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Gostou da matéria? Escolha como acompanhar as principais notícias do Correio:
Ícone do whatsapp
Ícone do telegram

Dê a sua opinião! O Correio tem um espaço na edição impressa para publicar a opinião dos leitores pelo e-mail sredat.df@dabr.com.br

-->