Léo

Vasco quita dívida com São Paulo pela compra do zagueiro Léo

Em sua primeira temporada pelo Vasco, Léo teve um desempenho irregular, mas com 46 partidas

Em sua primeira temporada pelo Vasco, Léo teve um desempenho irregular, mas com 46 partidas -  (crédito:  Leandro Amorim)
Em sua primeira temporada pelo Vasco, Léo teve um desempenho irregular, mas com 46 partidas - (crédito: Leandro Amorim)
Jogada10
postado em 20/12/2023 15:08

Fim da novela! O Vasco quitou a dívida com o São Paulo pela compra do zagueiro Léo no início de 2023. O clube carioca depositou R$ 17 milhões para o Tricolor Paulista, sendo R$ 1 milhão de juros devido ao atraso. A informação é do jornalista Gabriel Sá.

A transação ocorreu no final de 2022 e custou três milhões de dólares (R$ 16 milhões na cotação da época). Nas conversas, as partes concordaram pelo parcelamento do pagamento. Contudo, o Cruz-Maltino não conseguiu cumprir o acordo e atrasou parcelas.  Vale relembra que o defensor, de 26 anos, assinou por três anos com o Gigante.

Nesta reta final de 2023, o Vasco busca quitar suas pendências financeiras. A quitação do débito com o São Paulo pela compra do zagueiro Léo foi o segundo resultado positivo neste cenário. Isso porque, na última terça-feira (19), o clube carioca conseguiu fazer um acordo para reparcelar uma dívida pela contratação de Piton.

Primeira temporada pelo Vasco

Nesta primeira temporada pelo Cruz-Maltino, o defensor começou como titular, mas depois perdeu o espaço com a queda de rendimento. Além da evolução no desempenho de Maicon. Ao todo, ele disputou em 46 jogos, anotou um gol e deu duas assistências. O desfecho positivo do negócio simbolizou o retorno de Léo ao futebol carioca. Afinal, o jogador foi revelado nas categorias de base do Fluminense.

Passagem pelo São Paulo

Léo defendeu o São Paulo por quatro anos. Inicialmente, o jogador atuava como lateral-esquerdo. Contudo, quando Diniz assumiu o comando técnico ele passou a desempenhar a função de zagueiro. Em seguida, com o técnico Hernán Crespo o defensor seguiu na mesma posição, mas em um esquema com três zagueiros.

O jogador permaneceu com o mesmo posicionamento com a chegada do treinador Rogério Ceni. Léo, aliás, foi o sexto integrante do elenco que mais atuou em 2022, com 58 partidas.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook

Gostou da matéria? Escolha como acompanhar as principais notícias do Correio:
Ícone do whatsapp
Ícone do telegram

Dê a sua opinião! O Correio tem um espaço na edição impressa para publicar a opinião dos leitores pelo e-mail sredat.df@dabr.com.br

-->