Mercado da Bola

Valores divergem, e Grêmio não avança em renovação de Villasanti

Villasanti discute renovação contratual com Grêmio, mas pede valorização salarial

Villasanti discute renovação contratual com Grêmio, mas pede valorização salarial -  (crédito:  Monica)
Villasanti discute renovação contratual com Grêmio, mas pede valorização salarial - (crédito: Monica)
Jogada10
postado em 21/12/2023 13:41

O desempenho de Villasanti na temporada foi um dos fatores que ajudaram o Grêmio a terminar o Campeonato Brasileiro como vice-campeão. Sabedor da importância do volante, o Tricolor gaúcho tenta avançar nas conversas para renovar o seu contrato, que vai atualmente até dezembro de 2024. No entanto, a parte financeira é o maior entrave no momento. Afinal, o paraguaio pediu cerca do dobro do aumento proposto pela diretoria, já que deseja receber boa valorização salarial após seu rendimento no ano.

Assim, o Imortal se vê em um impasse com o jogador de 26 anos. Isso porque ele desperta o interesse de outros clubes do Brasil e do exterior. É o caso, por exemplo, do Palmeiras, atual campeão da Série A e que enxerga no atleta excelente oportunidade de mercado de olho em reforçar o elenco. As conversas, aliás, se arrastam desde outubro e, portanto, ainda não avançaram da forma esperada pelas partes. Mesmo assim, a expectativa nos bastidores é de um acerto nas próximas semanas.

Além de Villasanti, o Grêmio também pretende resolver mais pendências em relação a possíveis permanências ou saídas. Tanto é que vem tratando como prioridade a continuidade do técnico Renato Gaúcho. O ex-atacante e treinador pediu aumento no salário para ficar, mas o Grêmio não concordou de primeira com os valores. As tratativas seguem a fim de alcançar denominador comum. Jogadores do Santos, como Soteldo e Dodi, também possuem negociação bem encaminhadas, restando apenas detalhes para os anúncios.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Gostou da matéria? Escolha como acompanhar as principais notícias do Correio:
Ícone do whatsapp
Ícone do telegram

Dê a sua opinião! O Correio tem um espaço na edição impressa para publicar a opinião dos leitores pelo e-mail sredat.df@dabr.com.br

-->