Zico

Para Zico, times brasileiros vão ‘apanhar’ ao jogar contra europeus

Zico se diz preocupado com futuro do futebol brasileiro

Zico se diz preocupado com futuro do futebol brasileiro -  (crédito: Foto: Thiego Mattos)
Zico se diz preocupado com futuro do futebol brasileiro - (crédito: Foto: Thiego Mattos)
Jogada10
postado em 27/12/2023 20:27

De acordo com Zico, a discrepância entre clubes brasileiros e europeus deve fazer com que as equipes do Velho Continente continuem ‘nadando de braçada’. Nesta terça-feira (27), em entrevista ao programa ‘Redação sportv’, do canal pago sportv, o Galinho de Quintino destacou sua preocupação com o futuro do futebol nacional. Para ele, os clubes nacionais estão longe dos rivais de além-mar, impressão firmada após a derrota do Fluminense para o Manchester City, na final do Mundial de Clubes.

“Essa é a grande diferença: aqui, continuamos sem aquele profissionalismo, não tem jeito. Com o calendário que é, com jogo de três em três dias, tem que viver praticamente para o futebol. Não pode ter muita diversão, perder noite, deixar de se alimentar, de treinar. Se for jogar contra eles, vai perder. Pode fazer um jogo duro aqui ou lá, mas a tendência é apanhar”, disse Zico.

Ainda de acordo com Zico, os times brasileiros só conseguem superar equipes de outras partes do mundo. Ainda assim, encontram dificuldade para batê-las. Por isso, ele não vê com muito otimismo o futuro dos clubes nacionais ao enfrentarem adversários europeus:

“Vejo o cenário do futebol brasileiro com muita preocupação. Com muita supremacia no futebol sul-americano, mas não passa daí. Esse é o problema, o sentido de inferioridade em relação a outros lugares é muito grande. Hoje, equilibramos jogo com asiáticos, africanos. Aquele negócio de pegar jogadores mais rodados, trazer e eles fazerem sucesso aqui. Então, nosso futebol hoje está preocupante”.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Gostou da matéria? Escolha como acompanhar as principais notícias do Correio:
Ícone do whatsapp
Ícone do telegram

Dê a sua opinião! O Correio tem um espaço na edição impressa para publicar a opinião dos leitores pelo e-mail sredat.df@dabr.com.br

-->