Porto

Porto sofre para vencer o lanterna Chaves, pelo Português

André Franco, do Porto (De azul e branco) recebe a marcação de Sandro Cruz, do Chaves. Portistas venceram os lanternas por 1 a 0

André Franco, do Porto (De azul e branco) recebe a marcação de Sandro Cruz, do Chaves. Portistas venceram os lanternas por 1 a 0 -  (crédito: Foto: Miguel Riopa/AFP via Getty Images)
André Franco, do Porto (De azul e branco) recebe a marcação de Sandro Cruz, do Chaves. Portistas venceram os lanternas por 1 a 0 - (crédito: Foto: Miguel Riopa/AFP via Getty Images)
Jogada10
postado em 29/12/2023 19:51

Um belo gol do lateral-direito João Mário, no segundo tempo, definiu a magra vitória por 1 a 0 do Porto sobre o Chaves nesta sexta-feira (29/12). O jogo foi no Estádio do Dragão, na Cidade do Porto, pela 15ª rodada do Campeonato Português. O time visitante, bem postado na defesa, vendeu caríssimo a derrota e quase arrancou o empate no fim. Nem parecia que faz campanha decepcionante.

Para os portistas, o triunfo fez o time chegar aos 34 pontos, em terceiro lugar, atrás de Benfica (36 pontos) e Sporting (34 e menos um jogo). O Chaves, por sua vez, segue com dez pontos, em último lugar. Além disso, o resultado mantém a freguesia: o Chaves enfrentou o Porto em 18 oportunidades no Português. Perdeu todas.

Veja aqui a tabela de classificação do Campeonato Português

Porto só marca na etapa final

O Porto teve maior volume ofensivo diante de um rival fechado que buscou contra-ataques. O Chaves chegou a assustar em jogadas pela esquerda com Nwakali. Mas pecou na hora de finalizar e ofereceu pouco perigo para a defesa portista. Já o time da casa, apesar de rondar a área dos visitantes, teve apenas uma chance real, quando o brasileiro Pepê (ex-Grêmio) recebeu na área e chutou certeiro. A bola passou pelo goleiro Rodrigo Moura. Mas João Correia salvou em cima da linha.

No segundo tempo, aos 12 minutos, o Porto chegou ao gol. Uma ótima trama, com várias trocas de passes terminou com Pepê rolando para o arremate colocado de João Mário. A bola morreu no canto direito de Rodrigo Moura. Como a vantagem era pequena, os portistas continuaram em cima tentando ampliar, mas sem sucesso.

O Chaves, mesmo frágil ofensivamente, partiu em busca do empate na reta final. Aos 35 minutos. Um cruzamento encontrou Benny sozinho na esquerda, próximo da pequena área. Mas o atacante cabeceou na trave do Porto. Nos acréscimos, o mineiro Jô Alves chutou para grande defesa de Diogo Costa, que garantiu a vitória portista. Assim, o Porto segue com 100% na história diante do time da região de Trás-os-Montes. Mas não sem polêmica. No último lance do jogo a bola cabeceada por Jô bateu no braço do zagueiro João Pedro. O juiz não considerou pênalti, para irritação de todos do Chaves.

Jogos da 15ª rodada do Português

Sábado (23/12)
Vizela 0 x 0 Moreirense
Vitória de Guimarães 1 x 0 Rio Ave
Quinta-feira (28/12)
Estrela Amadora 1×4 Arouca
Sexta-feira (29/12)
Benfica 3×0 Famalicão
Porto 1×0 Chaves
Sábado (30/12)
Gil Vicente x Boavista – 12h30
Estoril x Farense – 12h30
Casa Pia x Braga – 15h

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Gostou da matéria? Escolha como acompanhar as principais notícias do Correio:
Ícone do whatsapp
Ícone do telegram

Dê a sua opinião! O Correio tem um espaço na edição impressa para publicar a opinião dos leitores pelo e-mail sredat.df@dabr.com.br

-->