roma

Icônico treinador europeu revela luta contra câncer terminal

Sven-Goran Eriksson em sua passagem pelo Philippines em 2019 - Foto: AFP/via Getty Images

Sven-Goran Eriksson em sua passagem pelo Philippines em 2019 - Foto: AFP/via Getty Images -  (crédito: Foto: AFP/via Getty Images)
Sven-Goran Eriksson em sua passagem pelo Philippines em 2019 - Foto: AFP/via Getty Images - (crédito: Foto: AFP/via Getty Images)
Jogada10
postado em 11/01/2024 17:01

O icônico treinador sueco Sven-Goran Eriksson, de 75 anos, revelou em uma entrevista à rádio Swedish Radio P1 que está na luta contra um câncer terminal. Em mais de 40 anos de carreira, o técnico passou por times grandes como Benfica, Lazio, Roma e Manchester City. Além disso, ele treinou as seleções do México, Costa do Marfim e Inglaterra, participando das Copas do Mundo de 2002 e 2006 sob comando dos ingleses.

Há cerca de um ano, Eriksson se afastou do cargo de diretor do IF Karlstad, na Suécia, devido a problemas de saúde, segundo reportado pela ‘ESPN’. Durante sua entrevista à rádio sueca, o treinador compartilhou mais detalhes sobre seu estado de saúde. Além disso, o icônico técnico informou que os médicos preveem que, na melhor das hipóteses, ele terá mais um ano de vida.

“Todos podem ver que tenho uma doença que não é boa, e todos pensam que é câncer, e é. Tenho de lutar o máximo possível. É uma doença séria. Na melhor das hipóteses, tenho um ano de vida, na pior, muito menos. Não creio que os médicos possam ter certeza, não podem prever um dia. É impossível dizer exatamente, por isso é melhor não pensar nisso. Vou resistir enquanto puder”, revelou Eriksson.

Borussia Dortmund oficializa retorno de Jadon Sancho

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook

Gostou da matéria? Escolha como acompanhar as principais notícias do Correio:
Ícone do whatsapp
Ícone do telegram

Dê a sua opinião! O Correio tem um espaço na edição impressa para publicar a opinião dos leitores pelo e-mail sredat.df@dabr.com.br

-->