Seleção Brasileira

Elano relembra os tempos de City e revela torcida por Dorival na Seleção

Elano também representou a Seleção Brasileira

Em evento da Embaixada Britânica no Brasil, em São Paulo, Elano, ídolo do Santos e que atuou por três anos Manchester City, relembrou os tempos de Citizens, comentou sobre o atual momento vencedor do clube e também falou sobre Dorival Júnior na Seleção Brasileira.

A respeito das mudanças no clube de Manchester desde os tempos em que esteve por lá, Elano enxerga que aconteceram mudanças em diversos segmentos. No entanto, ainda há, segundo ele, um profissional do clube que está desde aquela época.

“São gerações diferentes. Atualmente, o clube está melhor em todos os segmentos: em termos de estrutura, investimento, de plantel e bastidores. Quando você consegue conquistas, tudo se eleva. Um novo patamar foi atingido. Hoje, o clube figura entre os três principais do mundo. Eu faço parte disso de alguma forma, figurando no início do processo. O Ben, fisioterapeuta, está no clube até hoje. Inclusive, me encontrei com ele na última vez que estive por lá. Se não me engano é o único que permanece desde a época que eu joguei”, conta.

Histórico

Sobre os momentos mais marcantes que viveu com a camisa do City, que teve os seus cinco troféus vencidos na temporada expostos no evento da Embaixada Britânica, o ex-meio campista relembra alguns episódios em especial.

“O gol contra o Newcastle ficou marcado. Tem dois que eu fiz contra o Middlesbrough, em que vencemos por 4 a 2, e também dei dois passes para gol. Teve outro jogo contra o Hamburgo, pela Copa da Uefa, nós vencemos mas não conseguimos classificar. Porém, foi um dos meus melhores jogos pelo clube”, relembra.

A respeito dos melhores em que atuou no clube inglês, Elano se recorda de nomes que fizeram parte do início vencedor do clube.

“O Petrov, naquela equipe, era muito significativo. Um ponta-esquerda de muita qualidade. O Micah Richards, lateral e zagueiro, me marcou bastante pela intensidade. O Giovanni, também (ex-meia brasileiro). No meu primeiro ano lá, éramos só eu e ele. O Jô e Robinho vieram um ano depois.”

Elano vibra com Dorival

Perguntado sobre a escolha de Dorival Júnior para o cargo de técnico do Brasil, o ex-jogador da Seleção Brasileira afirma que aprova totalmente.

“Dorival é um amigo. Eu trabalhei com ele e posso falar da sua competência. Torço para a CBF dar o devido respaldo para ele fazer o trabalho dele. Mesmo em um momento difícil no Flamengo, ele conseguiu conquistar dois títulos importantes. É um cara que chegou lá por mérito, tem um conhecimento muito grande. Se preparou e não chegou lá por acaso. Chegou com muitos resultados bons”, aponta.

Momento como técnico

Questionado a respeito de seu atual momento como técnico, Elano afirma que acabou de concluir a última licença e relembra um momento marcante que já conseguiu na nova função: a revelação do atacante Rodrygo, hoje no Real Madrid.

“Acabei agora em dezembro a Licença Pro junto à CBF. Estou aguardando algum convite e aproveitando para refletir um pouco sobre tudo que aconteceu na minha carreira. Pensar em um reposicionamento e entender o mercado também. Acho muito legal esse tipo de evento, sempre procuro estar presente com o pessoal do City. Um momento como treinador que guardo com carinho foi a transição do Rodrygo para o profissional. Consegui ajudá-lo um pouco. Claro que todo o mérito é dele, mas consegui estar lá para proporcionar a ele a chance. Hoje é muito bacana poder ver ele no Real Madrid. Isso traz uma grande satisfação”, conclui.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Gostou da matéria? Escolha como acompanhar as principais notícias do Correio:
Ícone do whatsapp
Ícone do telegram

Dê a sua opinião! O Correio tem um espaço na edição impressa para publicar a opinião dos leitores pelo e-mail sredat.df@dabr.com.br

Jogada10
postado em 16/01/2024 11:01