Thiago Carpini

Carpini aplaude atuação do São Paulo e agradece aos torcedores

Thiago Carpini gostou da atuação do time na estreia e quer melhorar condição física dos jogadores

Thiago Carpini gostou da atuação do time na estreia e quer melhorar condição física dos jogadores  -  (crédito: Divulgação São Paulo)
Thiago Carpini gostou da atuação do time na estreia e quer melhorar condição física dos jogadores - (crédito: Divulgação São Paulo)
Jogada10
postado em 21/01/2024 12:14

O técnico Thiago Carpini demonstrou satisfação com o desempenho do time no primeiro jogo do São Paulo no campeonato estadual de 2024, neste sábado (20/1). Afinal, a equipe derrotou o Santo André por 3 a 1 no Morumbis. A partida, por sinal, foi uma soma de estreias:  a do time, que dá  a largada para uma nova temporada; a do técnico, que chegou no dia 11/1 ao clube; e a do próprio estádio, que passou a se chamar Morumbis (com S no fim) por causa dos naming rights associados a uma marca de chocolate.  No jogo, os gols foram de Lucas Moura, Luciano e Diego Costa para o Tricolor; com Cléo Silva descontando para o Ramalhão.

Assim, após o jogo, Carpini declarou que gostou do que viu em campo. Inclusive, ele ressaltou que, por ser o primeiro jogo da temporada, será possível melhorar a condição física dos jogadores.

“Temos 10 dias de trabalho, é muito pouco”, disse, ao considerar que o elenco ainda está “um pouco preso” e deve evoluir.

Paulista, nascido no município de Valinhos em 16/7/1984, Carpini encerrou a carreira de jogador em outubro de 2017, após 11 anos nos gramados. Formado no Estrela, do Espírito Santo, ele defendeu o Ponte Preta, Atlético-MG, América-RN, Bahia, CRAC, Inter Bebedouro, São José-SP, Monte Azul, Novo Hamburgo, Guarani-MG e Caldense, até decidir se aposentar.

São Paulo: ‘Maior oportunidade da carreira’

Em maio de 2019, Thiago Carpini começou a atuar como treinador, no cargo de adjunto, no Botafogo-PB. Em seguida, foi para o Guarani, onde, após um período como auxiliar, passou a ser técnico titular, em agosto de 2019. Além disso, Carpini também já treinou o Oeste, Inter de Limeira, Santo André, Ferroviária, Água Santa e Juventude.

A contratação no São Paulo, para Carpini, é vista como a “maior oportunidade da carreira”. Ao entrar no lugar de Dorival Júnior, ele enfrentou críticas por causa da idade (39 anos) e da experiência limitada, que não seria suficiente para representar um clube do porte do Tricolor. Carpini procurou ignorar as queixas e se prepara para os desafios. Além do Paulistão, o clube vai estrear na Supercopa do Brasil, no dia 4/2, contra o Palmeiras.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Gostou da matéria? Escolha como acompanhar as principais notícias do Correio:
Ícone do whatsapp
Ícone do telegram

Dê a sua opinião! O Correio tem um espaço na edição impressa para publicar a opinião dos leitores pelo e-mail sredat.df@dabr.com.br

-->