Rwan Seco

Santos compra Nonato e cede Rwan a búlgaros como parte do acerto

Nonato está nos planos da diretoria, que não abre mão do jogador

Nonato está nos planos da diretoria, que não abre mão do jogador  -  (crédito: Foto: Raul Baretta/ Santos F)
Nonato está nos planos da diretoria, que não abre mão do jogador - (crédito: Foto: Raul Baretta/ Santos F)
Jogada10
postado em 22/01/2024 17:30

A diretoria do Santos acertou, nesta segunda-feira (22), a aquisição do meia Nonato, que pertencia ao Ludogorets, da Bulgária. No negócio, o clube santista cedeu ao clube búlgaro o centroavante Rwan Seco, também definitivamente. Dessa forma, o clube búlgaro ficou com um crédito de 500 mil euros (R$ 2,7 milhões).

Em agosto do ano passado, o jogador, afinal, foi negociado para o santos por empréstimo. No acerto ficou estipulado o valor de 1,5 milhão de euros (R$ 8,1 milhões). Esta era a quantia que o Santos tinha de pagar pelo jogador.

O Santos, porém, fez um acordo com os búlgaros. Cederia Rwan Seco pelo valor aproximado de 1 milhão de euros. Dessa forma, restariam os 500 mil euros para o Ludogorets usar como crédito para negociações futuras com o Santos até o fim de 2026, data que coincide com o fim da gestão do atual presidente Marcelo Teixeira.

O crédito só é válido para jogadores que pertencem ao Santos. Assim, se os búlgaros se interessarem por algum jogador e o Alvinegro concordar fazer negócio, o valor da transação terá um desconto de 500 mil euros para compensar o negócio feito por Notato.

Cedido pelo Santos na transação com os búlgaros, Rwan se destacou pelo sub-20 do Peixe. Ele tem 22 anos e não repetiu o bom momento do time principal. Já Nonato, aos 25 anos, está nos planos da comissão técnica de Fábio Carille e já foi inscrito no Campeonato Paulista.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Gostou da matéria? Escolha como acompanhar as principais notícias do Correio:
Ícone do whatsapp
Ícone do telegram

Dê a sua opinião! O Correio tem um espaço na edição impressa para publicar a opinião dos leitores pelo e-mail sredat.df@dabr.com.br

-->