Vojvoda

Fortaleza renova contrato de Vojvoda até 2025

Técnico e clube acertaram renovação de contrato até dezembro de 2025

Técnico e clube acertaram renovação de contrato até dezembro de 2025 -  (crédito: Foto: Divulgação / Conmebol)
Técnico e clube acertaram renovação de contrato até dezembro de 2025 - (crédito: Foto: Divulgação / Conmebol)

Mil dias e contando. O Fortaleza anunciou na noite desta sexta-feira (2) a renovação de contrato do técnico argentino Juan Pablo Vojvoda até o fim de dezembro de 2025. Clube e treinador já tinham vínculo até o fim deste ano, mas resolveram estender o contrato por mais 12 meses.

O anúncio, aliás, ocorre na esteira de uma marca significativa. Neste domingo, um dia após a estreia da equipe na Copa do Nordeste, contra o América-RN, no Castelão, Vojvoda completa mil dias à frente do Leão do Pici.

Os laços do treinador com o clube que comanda desde 2021 se reforçaram ainda mais no início deste ano. De acordo com  Marcelo Paz, CEO da SAF do Fortaleza, o São Paulo tentou levar Vojvoda após Dorival Júnior sair para comandar a Seleção Brasileira. No entanto, o comandante argentino preferiu continuar no Leão.

Passagem histórica pelo Fortaleza

“É com muita alegria que anunciamos para a nossa torcida e para o futebol brasileiro como um todo a ampliação do vínculo do Vojvoda com o Fortaleza até o fim de 2025. Isso mostra o quanto acreditamos no trabalho de médio e a longo prazo. E sempre com o esforço máximo da diretoria de proporcionar o que ele entende o que é ideal para o clube”, disse Paz em comunicado oficial.

A história do técnico no clube da capital cearense soma, até o momento, 202 jogos, com 102 vitórias. Além disso, conquistou o título invicto da Copa do Nordeste em 2022 e o pentacampeonato cearense. Além dos títulos, terminou o Brasileiro de 2021 na quarta posição. No mesmo ano, por fim, ficou em terceiro na Copa do Brasil.

Na temporada passada, Juan Pablo Vojvoda levou um clube do nordeste pela primeira vez a uma final internacional: foi vice-campeão da Copa Sul-Americana, perdendo a final para a LDU, do Equador. Outra marca importante em 2023 foi o fato de que, permanecendo na elite do futebol brasileiro, o Fortaleza se tornou o primeiro nordestino a disputar a Série A por seis temporadas consecutivas.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: Twitter, Instagram e Facebook.

Gostou da matéria? Escolha como acompanhar as principais notícias do Correio:
Ícone do whatsapp
Ícone do telegram

Dê a sua opinião! O Correio tem um espaço na edição impressa para publicar a opinião dos leitores pelo e-mail sredat.df@dabr.com.br

Jogada10
postado em 03/02/2024 00:15