FUTEBOL

Endrick já pensa na Argentina: "Foco é sairmos daqui classificados"

Jogador deu declaração após a vitória da Seleção Brasileira por 2x1 contra a Venezuela no Torneio Pré-Olímpico

Guilherme Biro entrou no segundo tempo e fez o gol da vitória brasileira sobre a Venezuela -  (crédito: Joilson Marconne/CBF)
Guilherme Biro entrou no segundo tempo e fez o gol da vitória brasileira sobre a Venezuela - (crédito: Joilson Marconne/CBF)
Jogada10
postado em 09/02/2024 13:15 / atualizado em 09/02/2024 13:16

A Seleção Brasileira venceu a Venezuela por 2 a 1 nesta quinta-feira (8/2), pela penúltima rodada do Torneio Pré-Olímpico. Na saída de campo, o atacante Endrick, entretanto, já estava com a chave virada para o clássico do próximo domingo, diante da Argentina. Para o jogador, o foco agora é fazer uma grande partida e conseguir uma das duas vagas que a competição dá para a Olimpíada de Paris, no meio do ano.

“A gente sabe que ia ser difícil desde o começo. Agora estamos focados em fazer um grande jogo na última partida e sair daqui classificados. A Argentina é um adversário complicado como todos os outros, sabemos que tem uma rivalidade muito grande. Então vamos nos preparar da melhor forma para poder entrar concentrado e sair com essa classificação para o Brasil”, comentou.

Venezuela recebe elogios de Endrick

Ao comentar sobre a vitória, que veio com um gol de Guilherme Biro aos 43 minutos do segundo tempo, Endrick preferiu enaltecer a qualidade do adversário: “Foi um grande jogo. Todos os adversários vem jogar contra o Brasil como se fosse o jogo da vida. E a Venezuela, por fim, já conhecemos. Encaramos eles na primeira fase e não fomos felizes”.

Autor do gol da vitória bdivide méritos com o grupo

O heroi da noite, contudo, não foi Endrick. Guilherme Biro veio do banco e, faltando dois minutos para o fim do tempo regulamentar, colocou o Brasil na frente. Todavia, não quis apenas para si os méritos pela vitória contra os venezuelanos.

“O gol foi resultado de muito trabalho e muito empenho em todos esses dias. Estava com uma dor no adutor, os companheiros e os fisioterapeutas me ajudaram muito e me colocaram em condições de jogar. Por isso vale ressaltar todo mundo. Estamos vivos, de pé e prontos para sair daqui classificados”, projetou.

Siga o Jogada10 nas redes sociais:Twitter, Instagram e Facebook.

Gostou da matéria? Escolha como acompanhar as principais notícias do Correio:
Ícone do whatsapp
Ícone do telegram

Dê a sua opinião! O Correio tem um espaço na edição impressa para publicar a opinião dos leitores pelo e-mail sredat.df@dabr.com.br