Libra

Globo vai adiantar R$ 650 milhões a clubes da Libra, mas aguarda Corinthians

Libra tem diálogo adiantado com a Globo

Libra tem diálogo adiantado com a Globo  -  (crédito: Foto: Reprodução)
Libra tem diálogo adiantado com a Globo - (crédito: Foto: Reprodução)
Jogada10
postado em 27/02/2024 12:21

A Globo e os clubes que estão no bloco Libra seguem em conversas adiantadas para vendas dos direitos de transmissão. Aliás, na mesa, a emissora carioca já prometeu adiantar R$ 650 milhões pela assinatura. No entanto, o Corinthians ainda trava a negociação.

Afinal, o Timão sinalizou que quer ouvir a proposta da Liga Forte União. A agremiação quer conversar, pois terá um valor mínimo garantido e também conseguir um empréstimo feito pela XP. Neste caso, o custo do empréstimo será descontado na diferença do Timão.

Assim, com essa novidade, pode ser que o Corinthians deixe a Libra e os valores mudariam consideravelmente. O Santos tem movimentação parecida à feita pelo Timão neste momento.

A Globo, aliás, pretende adiantar R$ 650 milhões aos clubes do bloco econômico da Libra. O valor corresponde, afinal, a 10% do acordo que é de cinco anos para direitos de transmissão entre 2025 e 2029. O valor encaminhado é de R$ 1,3 bilhão por ano, portanto, R$ 6,5 bilhões em todo contrato.

A divisão dos valores, aliás, seria 3% para clubes da Série B: R$ 19,5 milhões. Os 97% restantes seriam divididos igualmente para Flamengo, Palmeiras, Corinthians, São Paulo, Red Bull Bragantino, Grêmio, Atlético-MG, Bahia, Vitória e Santos. É considerado, afinal, que todos estejam na Série A em 2025.

Do valor, portanto, aproximadamente R$ 63 milhões seriam divididos de forma igual. O restante seria correspondente à classificação dentro do torneio e audiência de televisão e, assim, seriam feitas as variáveis.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: Twitter, Instagram e Facebook.

Gostou da matéria? Escolha como acompanhar as principais notícias do Correio:
Ícone do whatsapp
Ícone do telegram

Dê a sua opinião! O Correio tem um espaço na edição impressa para publicar a opinião dos leitores pelo e-mail sredat.df@dabr.com.br