Raphael Veiga

Veiga iguala Dudu na artilharia do Palmeiras no século

Veiga iguala Dudu na artilharia do século

Veiga iguala Dudu na artilharia do século -  (crédito: Foto: Fabio Menotti/Palmeiras)
Veiga iguala Dudu na artilharia do século - (crédito: Foto: Fabio Menotti/Palmeiras)
Jogada10
postado em 04/03/2024 12:53

O Palmeiras ficou no empate em 1 a 1 com o São Paulo neste domingo (03), no Morumbis, pela 11° rodada do Campeonato Paulista. Apesar do empate, a partida foi especial para Raphael Veiga. Afinal, o meia marcou o gol do Verdão no clássico e se tornou o maior artilheiro do clube no século.

Com o gol marcado no Choque-Rei, Raphael Veiga chegou aos 88 no século 21 e empatou com o atacante Dudu na artilharia. Contudo, o meio-campista poderá ainda se isolar na liderança se balançar as redes mais vezes nesta edição do Campeonato Paulista. Afinal, o camisa 7 se recupera de uma lesão no joelho direito e deve retornar ao time do Palmeiras somente no segundo semestre.

Além da competição com Dudu, o meia também mira outra marca. Afinal, desde o histórico Evair, nenhum outro jogador rompeu a marca de 100 gols com a camisa do Palmeiras. O ex-atacante atingiu o feito há trinta anos, em 1994, na quarta temporada vestindo a camisa do clube. Ao todo, o antigo camisa 9 somou 126 bolas na rede em 245 jogos e cinco temporadas vestindo a camisa alviverde. Contudo, Veiga precisa de mais 12 tentos para chegar à marca.

Até aqui, o jogador soma 278 jogos e 88 gols, além dos títulos da Libertadores (2020 e 2021), da Copa do Brasil (2020), do Brasileirão (2022 e 2023), da Supercopa (2022), da Recopa Sul-Americana (2022) e do Paulistão (2020, 2022 e 2023). Ele se tornou protagonista máximo da equipe nas últimas temporadas e vive constantemente no radar da Seleção Brasileira.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: Twitter, Instagram e Facebook.

Gostou da matéria? Escolha como acompanhar as principais notícias do Correio:
Ícone do whatsapp
Ícone do telegram

Dê a sua opinião! O Correio tem um espaço na edição impressa para publicar a opinião dos leitores pelo e-mail sredat.df@dabr.com.br