Basquete

Candangos perdem de novo fora de casa e se complicam na reta final do NBB

Brasília foi atropelado por 103 x 85 para o São José e segue na lanterna, enquanto o Cerrado perdeu por 70 x 65 para o Mogi e viu embolar briga por playoffs

Brasília perdeu para o São José e continua afundado na lanterna do NBB -  (crédito: Léo Lenzi/Agência NTZ)
Brasília perdeu para o São José e continua afundado na lanterna do NBB - (crédito: Léo Lenzi/Agência NTZ)
postado em 23/03/2024 00:03 / atualizado em 23/03/2024 00:03

A situação dos candangos no Novo Basquete Brasil (NBB) fica mais complicada a cada dia. Nesta sexta-feira (22/3), a dupla da capital saiu de quadra mais uma vez derrotada, com o Brasília superado por 103 x 85 para o São José, e o Cerrado atrás do Mogi das Cruzes por 70 x 65. Os resultados afundam o time azul na lanterna da competição e considerado como carta fora do baralho na briga por playoffs, enquanto a equipe verde deu vida nova a um adversário direto e está em um empate quádruplo por uma vaga.

Com apenas mais seis jogos para cada na reta final da temporada regular do NBB, os dois representantes do Distrito Federal amargam uma sequência negativa de resultados. O Brasília já não sabe o que é vencer há oito compromissos, a última vez tendo sido em 24 de janeiro contra o Pinheiros.

Do outro lado, o Cerrado perdeu quatro seguidas, todas por uma margem de 5 pontos ou menos de diferença, e o triunfo mais recente foi justamente contra o rival local, em 1º de março. Os comandados por Régis Marrelli seguem em 15º na tabela, por ter vantagem no desempate, mas com o mesmo número de vitórias de Caxias, Mogi e Botafogo. O quarteto disputa por dois lugares nos playoffs.

Na partida desta sexta-feira, o Brasília começou ficando atrás por muito logo no primeiro quarto, mas encostou no segundo. Problema crônico da equipe na temporada, a defesa novamente voltou a falhar na volta do intervalo e o São José disparou na frente para vencer, superando a marca centenária de pontos. Os destaques do time vencedor foram Arthur e Augusto, ambos com 19 pontos, mas o cestinha foi dos candangos. Thomas Cooper, terceiro maior pontuador da edição do NBB, contribuiu com 22 pontos e 9 assistências.

O Cerrado teve caminho diferente até chegar no placar final. A partida ficou parelha a maior parte do tempo e os candangos chegaram no último período na frente, mas perderam a parcial por 18 x 9 em mais uma derrota decidida no detalhe. Shamell fez 17 pontos para o Mogi, mas os holofotes foram para a performance dominante de Andrezão: o pivô somou 27 pontos e 14 rebotes no confronto, ambos recordes pessoais da carreira.

As equipes retornam à capital para uma bateria de jogos contra times paulistas que ocupam posições de destaque no campeonato. Primeiro, o Cerrado recebe o Bauru, na terça-feira (26/3), às 20h, no ginásio da Asceb, com transmissão da ESPN. Depois, é vez do Brasília encarar o próprio Dragão, mas na quinta-feira (28/3), às 19h30, no Nilson Nelson. Ambos os confrontos também passam no NBB Basquetepass, o streaming oficial da liga.

*Estagiário sob supervisão de Marcos Paulo Lima

Gostou da matéria? Escolha como acompanhar as principais notícias do Correio:
Ícone do whatsapp
Ícone do telegram

Dê a sua opinião! O Correio tem um espaço na edição impressa para publicar a opinião dos leitores pelo e-mail sredat.df@dabr.com.br

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação