West Ham

Newcastle consegue virada sensacional em cima do West Ham

Burn, do Newcastle (de alvinegro)  tenta ganhar a disputa com Kudus, do West Ham

Burn, do Newcastle (de alvinegro)  tenta ganhar a disputa com Kudus, do West Ham -  (crédito: Foto: Paul Ellis / AFP via Getty Images)
Burn, do Newcastle (de alvinegro)  tenta ganhar a disputa com Kudus, do West Ham - (crédito: Foto: Paul Ellis / AFP via Getty Images)
Jogada10
postado em 30/03/2024 11:45

A Premier League brindou o amante do futebol com mais um jogo incrível, com uma vitória que parecia improvável do Newcastle sobre o West Ham, por 4 a 3. Afinal, neste sábado (30/3) pela 30ª rodada da Premier League, o time perdia, em casa, por 3 a 1 (os Hammers tinham um Paquetá inspiradíssimo) até os 32 da etapa final. Mas conseguiu o triunfo incrível. Isak e Barnes, com dois gols cada, marcaram para o Newcastle. O West Ham fez seus gols com Michail Antonio, Kudus e Bowen. Isak além dos dois gols, deu uma assitência. Mas o herói foi mesmo Barnes. Ele entrou no segundo tempo e fez os dois últimos tentos do jogo.

O West Ham parou nos 44 pontos, mas sustenta o sétimo lugar. O Newcastle, com 43 pontos, vem a seguir em oitavo lugar, mas com um jogo a menos.

Veja a tabela de classificação da Premier League

Paquetá neles!

Com sua fanática torcida apoiando, o Newcastle saiu logo marcando, aos seis minutos, em cobrança de pênalti com o artilheiro Isak. Mas o que o Newcastle não contava era com a inspiração de Paquetá. O titular da Seleção Brasileira, aos 20 minutos, recebeu na intermediária e deu um excepcional passe em profundidade para Michail Antonio. O atacante entrou no meio dos zagueiros e  tocou na saída do goleiro Dubravka.

Ao levar o gol de empate, o Newcastle foi para cima. Buscou sempre o gol. Gordon cabeceou com extremo perigo e o brasileiro Bruno Guimarães, outro titular da Seleção Brasileira, acertou a trave do West Ham. Mas o time londrino tinha Paquetá. Com muita perspicácia, o camisa 10 do West Ham aproveitou um cochilo da defesa numa cobrança de falta. Enquanto o rival esperava que ele pedisse formação de barreira, o brasileiro lançou Bowen, livre. Este entrou na área e tocou para Kudus fazer 3 a 1 nos acréscimos.

Hammers levam pressão, mas ampliam

Veio o segundo tempo e, aos dois minutos, o West Ham ampliou num contra-ataque fatal. O Newcastle teve um escanteio a seu favor e os zagueiros foram para a área. Mas o time londrino recuperou a bola. Kudus avançou em desabalada carreira pela esquerda e tocou para Bowen, desmarcado no ataque. O atacante dominou e chutou na saída do goleiro.

Reação do Newcastle

O West Ham tratou de se fechar e passou a levar pressão. Sustentava a vantagem e a excelente vitória fora de casa até os 32 minutos, quando cometeu um pênalti bobo. Isak cobrou e diminuiu o plcar. O lance inflamou a torcida que passou a apoiar ainda mais o time e foi ao êxtase aos 38 minutos quando Isak encontrou Barnes que chutou na saída de Fabianski, deixando tudo igual. E o que dizer quando, aos 45, Barnes recebeu de Gordon e bateu colocado de fora da área, para fazer o 4 a 3 da virada? Loucura total. Jogaço emocionante. Mais um na Premier League.

Jogos da 30ª rodada da Premier League

Sábado (30/3)
Newcastle 4×3 West Ham
Chelsea x Burnley – 12h
Sheffield x Fulham- 12h
Nottingham Forest x Crystal Palace- 12h
Bournemouth x Everton – 12h
Tottenham x Luton Town – 12h
Aston Villa x Wolverhampton – 14h30
Brentford x Manchester United – 17h
Domingo (31/3)
Liverpool x Brighton – 10h
Manchester City x Arsenal – 12h30

Siga o Jogada10 nas redes sociais: Twitter, Instagram e Facebook.

Gostou da matéria? Escolha como acompanhar as principais notícias do Correio:
Ícone do whatsapp
Ícone do telegram

Dê a sua opinião! O Correio tem um espaço na edição impressa para publicar a opinião dos leitores pelo e-mail sredat.df@dabr.com.br