Podpah

Marcelo, do Fluminense, exalta John Kennedy: ‘Mistura de Ronaldo com Romário’

John Kennedy já escreveu seu nome na história do Fluminense com os gols na Libertadores

John Kennedy já escreveu seu nome na história do Fluminense com os gols na Libertadores -  (crédito: - Foto: Mailson Santana/Fluminense FC)
John Kennedy já escreveu seu nome na história do Fluminense com os gols na Libertadores - (crédito: - Foto: Mailson Santana/Fluminense FC)
Jogada10
postado em 02/04/2024 10:52

Um dos jogadores mais experientes do elenco do Fluminense, Marcelo retornou ao clube e convive diretamente com os Moleques de Xerém, que passam a ter oportunidade entre os profissionais. Entre eles está John Kennedy, de 21 anos, que foi o autor do gol do título da Libertadores e chegou à seleção Pré-Olímpica. Segundo o lateral, o jovem tem qualidades que lembram dois grandes nomes da Seleção Brasileira.

“Para mim ele é a mistura de Ronaldo com Romário. Não estou comparando, mas como ele conduz a bola, as características. É incrível. Se você acompanhar um treino dele (John Kennedy), vai dizer que é a mistura dos dois”, afirmou em entrevista ao canal “Podpah”.

Além disso, o jogador também fez uma reflexão sobre a sua carreira e relembrou alguns momentos importantes da época em que atuava no futebol europeu. Assim, citou a decisão por pênaltis da Liga dos Campeões entre Real Madrid e Atlético como uma das sensações de maior pressão que já teve dentro das quatro linhas.

“Um dos momentos mais difíceis pra mim foi um pênalti que eu bati na final da Champions contra o Atlético de Madrid (ESP), em 2016. Foi uma parada muito louca. Eu estava escutando meu filho gritar meu nome dentro do campo. Ele estava do lado do banco de reservas, então dava pra escutar mais, sabe? Isso me motivou porque pensei: “Não posso perder aqui porque meu filho tá ali e eu não quero que ele chore”. Mas assim, fui o terceiro a bater. Do caminho do círculo central fiquei falando: “Não posso errar, não posso errar, não posso errar”, contou.

Olho na agenda

O Fluminense volta a campo apenas no dia 3 de abril. O time mede forças com o Alianza Lima, no Peru, às 21h30 (de Brasília), na estreia da Libertadores 2024. Além da equipe peruana, Cerro Porteño (PAR) e Colo-Colo também compõem o Grupo A da fase de grupos da competição continental.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: Twitter, Instagram e Facebook.

Gostou da matéria? Escolha como acompanhar as principais notícias do Correio:
Ícone do whatsapp
Ícone do telegram

Dê a sua opinião! O Correio tem um espaço na edição impressa para publicar a opinião dos leitores pelo e-mail sredat.df@dabr.com.br