Krasnodar

Santos chega a acordo com Krasnodar, e transfer ban é cancelado

Santos chega a acordo para pagar Krasnodar por negociação com Cueva

Santos chega a acordo para pagar Krasnodar por negociação com Cueva -  (crédito: Foto: Ivan Storti / Santos)
Santos chega a acordo para pagar Krasnodar por negociação com Cueva - (crédito: Foto: Ivan Storti / Santos)
Jogada10
postado em 02/04/2024 17:09

O Santos anunciou, nesta terça-feira (2), que a Fifa revogou o transfer ban imposto seis dias atrás. Através das redes sociais, o clube revelou ter chegado a acordo com o Krasnodar-RUS pela quitação de dívida referente à contratação de Cueva.

LEIA MAIS: Santos quebra marca de quase 50 anos com vitória diante do Palmeiras

A Fifa havia punido o Peixe por conta de dívida com os russos e, por isso, não podia registrar ou contratar novos jogadores. Agora, com a punição revogada, a equipe santista pode voltar, assim, a fazer negociações.

O próprio clube informou, aliás, que o acordo saiu após reunião virtual nesta terça pela manhã. O Alvinegro Praiano deverá pagar 4,5 milhões de dólares (R$ 22,76 milhões no câmbio atual) em quatro prestações até junho deste ano.

Confira a nota na íntegra

“O Santos Futebol Clube e o Krasnodar, da Rússia, chegaram hoje (2) a um acordo para quitação da dívida referente à contratação do atacante Cueva.

A conclusão da negociação ocorreu durante uma reunião virtual na manhã desta terça feira, que contou com a participação das diretorias dos clubes.

Pelo acordo definido hoje, o Santos quitará a dívida de U$ 4,5 milhões em quatro prestações até o dia 25 de junho deste ano, resolvendo definitivamente um antigo problema que provocou até um novo Transfer ban, punição administrativa em vigência aplicada pela FIFA.

Com a formalização do acordo, a medida imposta pela FIFA será revogada.

Santos Futebol Clube.”

Siga o Jogada10 nas redes sociais: Twitter, Instagram e Facebook.

Gostou da matéria? Escolha como acompanhar as principais notícias do Correio:
Ícone do whatsapp
Ícone do telegram

Dê a sua opinião! O Correio tem um espaço na edição impressa para publicar a opinião dos leitores pelo e-mail sredat.df@dabr.com.br