Sevilla

Getafe é punido com parte do estádio interditado após insultos racistas da torcida

Estádio Alfonso Perez, conhecido como Coliseum - Foto: Divulgação / Getafe

Estádio Alfonso Perez, conhecido como Coliseum - Foto: Divulgação / Getafe -  (crédito: Foto: Divulgação / Getafe)
Estádio Alfonso Perez, conhecido como Coliseum - Foto: Divulgação / Getafe - (crédito: Foto: Divulgação / Getafe)
Jogada10
postado em 03/04/2024 15:11

O Comitê Disciplinar da Federação Espanhola de Futebol (RFEF) anunciou, nesta quarta-feira (3), que uma parte do estádio do Getafe, conhecido como Coliseum, ficará fechada por três jogos. Isto porque torcedores do Getafe proferiram insultos racistas ao time do Sevilla durante a vitória dos Rojiblancos no último sábado (30), por 1 a 0. O argentino Acuña e o técnico espanhol Quique Flores foram alvos das ofensas durante a partida da LaLiga.

Ao mesmo tempo, o Getafe terá que pagar uma multa de 27 mil euros (R$ 147 mil) pelos insultos racistas. Outra medida será exibir uma mensagem para condenar atos violentos na parte do estádio que estará fechada.

Na súmula da partida, o árbitro Iglesias Villanueva detalhou que teve que parar o jogo aos 68 minutos devido a insultos racistas contra o jogador número 19 do Sevilla. Os insultos incluíam palavras como “Acuña macaco” e “Acuña você veio de macacos”, vindos de torcedores localizados na área central da arquibancada.

LEIA MAIS: Nova camisa da Alemanha é revista por semelhanças com símbolo nazista

Siga o Jogada10 nas redes sociais: Twitter, Instagram e Facebook.

Gostou da matéria? Escolha como acompanhar as principais notícias do Correio:
Ícone do whatsapp
Ícone do telegram

Dê a sua opinião! O Correio tem um espaço na edição impressa para publicar a opinião dos leitores pelo e-mail sredat.df@dabr.com.br