Britney Spears segue sob tutela do pai após audiência na Justiça dos EUA

Audiência que ocorreu nesta quarta (19/8) e que, a princípio, definiria o futuro da cantora, não passou de "uma conferência de status", segundo site americano

Maíra Alves
postado em 19/08/2020 22:09 / atualizado em 19/08/2020 22:10
 (foto: MARK RALSTON/AFP)
(foto: MARK RALSTON/AFP)

Após grande expectativa dos fãs, a princesa do pop, Britney Spears, continua sob tutela judicial do seu pai, Jaime Spears. A audiência que ocorreu nesta quarta-feira (19/8) e que, a princípio, definiria o futuro da cantora, não passou de “uma conferência de status”, segundo o site americano TMZ. A ação, protocolada nesta terça-feira (17/8), pelo advogado da cantora, Samuel Ingham, pede que Jamie seja substituído por uma curadora profissional.

Mais cedo, do lado de fora do tribunal, dezenas de fãs manifestaram apoio à Britney e pediram a autonomia da cantora. A hashtag #FreeBritney (Libertem a Britney) permanece entre os assuntos mais comentados do Twitter desde o começo do dia.

A artista está desde os 26 anos sob o domínio do pai. Aos 38 anos, Britney decidiu entrar com um pedido na Suprema Corte da Califórnia, nos Estados Unidos, para que os termos do acordo sejam alterados. Recentemente, o site E! News noticiou que os gastos do processo de tutela já chegaram a US$ 1 milhão. O valor foi desembolado por Britney Spears com honorários de consultores e advogados.

De acordo com novos documentos inseridos no processo, a cantora é "fortemente contra" o retorno de Jamie Spears ao papel de responsável pelo controle de suas questões pessoais e financeiras quando o mandato de Jodi Montgomery terminar, em 22 de agosto. Esses documentos, porém, precisam ser arquivados antes de serem levados a um juiz. O que não ocorreu, segundo relatado pelo TMZ.

Fontes disseram ao site, ainda, que o problema de Britney, neste caso, é que houve uma declaração de que ela não é capaz de tomar decisões importantes na vida por causa de saúde mental. Pessoas ligadas a ela teriam dito que a cantora não está equilibrada há mais de um ano.

O pai tem a tutela judicial parcial da cantora desde a série de colapsos públicos de Britney, em 2008. Contudo, no ano passado, ele assumiu o cargo sozinho, depois que o advogado Andrew Wallet deixou a função, mas precisou se afastar temporariamente por questões de saúde.

Segundo a ação, a artista quer que uma pessoa “qualificada” assuma essa função. Por isso, Britney pede que a responsável temporária, Montgomery, assuma o cargo de forma permanente.

manifestação tutela britney
manifestação tutela britney (foto: Frazer Harrison/AFP)

Jaime Spears

No início deste mês, Jamie fez alguns comentários públicos sobre a tutela de Britney, chamando os apoiadores do #FreeBritney de "teóricos da conspiração".

"Cabe ao tribunal da Califórnia decidir o que é melhor para minha filha. Não é da conta de ninguém", disse ele ao The New York Post, negando os rumores de que estivesse roubando a fortuna da artista.

A figura de Jaime Spears é controversa. Ele se envolveu em uma briga física com um dos netos – filho de Britney – , chegando a ter uma ordem judicial que o impede de se aproximar deles.

 

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação