Pandemia

Biden pede que não se façam de "durões" com a covid-19 e "usem máscara"

Biden tem criticado duramente a estratégia de Trump para diminuir o perfil da gravidade da pandemia, que deixou mais de 200.000 mortos nos Estados Unidos

Agência France-Presse
postado em 02/10/2020 19:13
 (crédito: Chip Somodevilla/Getty Images/AFP)
(crédito: Chip Somodevilla/Getty Images/AFP)

O candidato democrata Joe Biden pediu nesta sexta-feira para que as pessoas não se façam de "durões" com a pandemia do coronavírus e que "usem máscara", após o anúncio de que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, está infectado com a covid-19.

O candidato democrata de 77 anos - que dividiu o palco com Trump em um debate na terça-feira - testou negativo para o vírus na sexta-feira.

"Sejam patriotas. Não se trata de se fazer de durão. Tratem-se de fazer a sua parte. Usar uma máscara protege não só você, mas aqueles ao seu redor", disse Biden em um evento em Grand Rapids, Michigan, um estado importante para chegar à Casa Branca.

Biden tem criticado duramente a estratégia de Trump para diminuir o perfil da gravidade da pandemia, que deixou mais de 200.000 mortos nos Estados Unidos, mais mortos do que em qualquer outro país do mundo.

"Não se trata de uma questão política. É um poderoso lembrete a todos de que devemos levar esse vírus a sério", disse o candidato, acrescentando que todos devem seguir os conselhos dos especialistas, lavar as mãos e manter o distanciamento social.

Depois de sua mensagem matinal desejando a Trump uma "recuperação rápida", Biden disse que com sua esposa estão rezando por sua recuperação.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação