Invasão ao Capitólio

Morre policial ferido em choques com seguidores de Trump no Capitólio

Segundo informações da polícia, Brian Sicknick enfrentou os manifestantes quando foi ferido. Ele chegou a ser levado ao hospital, mas não resistiu

Agência France-Presse
postado em 08/01/2021 07:58
 (crédito: Brendan Smialowski / AFP)
(crédito: Brendan Smialowski / AFP)

Washington, EUA - Um oficial da Polícia do Capitólio não resistiu e morreu em consequência dos ferimentos sofridos na quarta-feira (6/1), durante a invasão à sede do Congresso americano, em Washington, por simpatizantes do presidente Donald Trump - anunciaram as autoridades na quinta (7/1) à noite.

O agente Brian Sicknick "respondia aos distúrbios na quarta-feira no Capitólio e foi ferido enquanto enfrentava fisicamente os manifestantes", informou a Polícia do Capitólio em um comunicado.

"Voltou para seu posto e colapsou", relata a nota, acrescentando que "foi levado para um hospital local, onde sucumbiu aos seus ferimentos".

Sicknick é o primeiro policial morto por causa da violência deflagrada na quarta, quando uma multidão incitada por Trump invadiu o Congresso.

Quatro manifestantes morreram, incluindo uma mulher baleada pela polícia enquanto tentava entrar no Capitólio. As outras três mortes ocorreram no perímetro da sede legislativa, em circunstâncias ainda sob investigação.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE