Política

Trump apela à calma e pede que não haja violência ou vandalismo

A fala foi dita enquanto o Congresso discute a acusação contra ele de incentivo à invasão do Capitólio na semana passada

Agência France Presse
postado em 13/01/2021 16:58
 (crédito: AFP / MANDEL NGAN)
(crédito: AFP / MANDEL NGAN)

O presidente em fim de mandato dos Estados Unidos, Donald Trump, apelou à calma nesta quarta-feira (13) e disse ser contrário a qualquer ato violento enquanto o Congresso discute a acusação contra ele de incentivo à invasão do Capitólio na semana passada.

"Ante a informações sobre novas manifestações, insisto para que NÃO haja violência, NÃO sejam cometidos delitos e NÃO haja vandalismo de nenhum tipo. Isso não é o que eu defendo, nem tampouco o que os Estados Unidos defendem", afirmou Trump em um comunicado emitido pela Casa Branca.

"Peço a TODOS os americanos que ajudem a dissolver as tensões e acalmar os ânimos. Obrigado", acrescentou.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE