Economia mundial

PIB do Japão registra leve crescimento no 2º trimestre apesar da pandemia

Esse aumento foi sustentado por um aumento do consumo das famílias e pelos investimentos das empresas, apesar das restrições em vigor pela pandemia

Agência France-Presse
postado em 16/08/2021 09:24 / atualizado em 16/08/2021 09:24
 (crédito: João Vítor Marques/EM/DA Press)
(crédito: João Vítor Marques/EM/DA Press)

O Produto Interno Bruto (PIB) do Japão cresceu 0,3% entre abril e junho na comparação com o trimestre anterior, de acordo com resultados oficiais preliminares que mostram que a economia do país resiste, apesar da crise sanitária.

O crescimento evita que a terceira maior economia mundial entre em recessão técnica, termo utilizado quando um país tem resultado negativo durante dois trimestres consecutivos.

A economia japonesa registrou queda de 0,9% no primeiro trimestre do ano.

O PIB foi sustentado por um aumento do consumo das famílias (+0,9%) e pelos investimentos das empresas, apesar das restrições em vigor pela pandemia.

Estas informações "sugerem que os gastos das famílias desenvolveram uma imunidade" ante as medidas adotadas por razões sanitárias, afirmou o analista Tom Learmouth da Capital Economics.

O aumento das exportações (2,9%) foi ofuscado pelo aumento das importações (5,1%), mas a tendência deve mudar no segundo semestre, segundo os analistas.

Uma parte do Japão continua em estado de emergência devido à pandemia. A medida limita as viagens e os horários de funcionamento de bares e restaurantes, principalmente. Mas não parece ser muito útil, já que o país registra desde o fim de julho a onda mais grave de coronavírus, principalmente devido à variante delta, muito mais contagiosa.

No momento, apenas 35% da população está totalmente vacinada.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE