Inundações

Enchentes no Sudão do Sul afetam mais de 760 mil pessoas, afirma a ONU

As chuvas torrenciais causaram inundações em oito dos dez estados, segundo a OCHA

Agencia France Presse
postado em 03/11/2021 13:56
 (crédito: LESTE DO SOL / AFP)
(crédito: LESTE DO SOL / AFP)

Inundações causadas por chuvas torrenciais no Sudão do Sul afetaram 760 mil pessoas desde maio, informou nesta quarta-feira(3) a agência humanitária da ONU (OCHA).

As chuvas torrenciais causaram inundações em oito dos dez estados, segundo a OCHA, impedindo o acesso a serviços básicos, incluindo saúde, e "aumentando a vulnerabilidade das comunidades".

O Programa Mundial de Alimentos das Nações Unidas (PMA) anunciou em meados de setembro que foi forçado a suspender a ajuda alimentar a 100.000 pessoas, por falta de fundos.

Mais de 82% dos 11 milhões de habitantes do Sudão do Sul vivem abaixo da linha da pobreza, de acordo com o Banco Mundial, e 60% de sua população passa fome devido a conflitos, secas e inundações.

Desde sua independência do Sudão em 2011, o país mais jovem do mundo foi duramente afetado por uma crise político-econômica crônica e luta para se recuperar das consequências da guerra civil, que deixou quase 400.000 mortos e quatro milhões de deslocados, entre 2013 e 2018.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE