Pedofilia

Bispos franceses venderão 'bens' da Igreja para indenizar vítimas de abuso

Anunciada após uma reunião anual na cidade francesa de Lourdes (sul), a decisão responde a uma das propostas da comissão independente que estimou em mais de 216.000 o número de casos de agressão sexual de menores cometidos por religiosos, ou padres, desde 1950

Agência France-Presse
postado em 08/11/2021 10:38
 (crédito: Valentine CHAPUIS / AFP)
(crédito: Valentine CHAPUIS / AFP)

Os bispos franceses vão vender "bens" de suas dioceses, ou recorrer a um empréstimo, para indenizar as vítimas de pedofilia dentro da Igreja, descartando assim o uso de doações dos fiéis - declarou o presidente da Conferência Episcopal, Éric de Moulins-Beaufort, nesta segunda-feira (8).

Anunciada após uma reunião anual na cidade francesa de Lourdes (sul), a decisão responde a uma das propostas da comissão independente que estimou em mais de 216.000 o número de casos de agressão sexual de menores cometidos por religiosos, ou padres, desde 1950.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE