Pandemia

EUA batem recorde mundial com mais de 1 milhão de casos diários de covid-19

No momento em que a variante ômicron atinge fortemente o país, a universidade também registrou 1.688 mortes em 24 horas

Agence France-Presse
postado em 04/01/2022 08:16 / atualizado em 04/01/2022 09:29
 (crédito: Joseph Prezioso / AFP)
(crédito: Joseph Prezioso / AFP)

Os Estados Unidos registraram mais de um milhão de casos de coronavírus nas últimas 24h, um número diário que ainda não havia sido relatado em nenhum lugar do mundo durante a pandemia, de acordo com um balanço da Universidade Johns Hopkins.

Concretamente, o país registrou 1.080.211 novos casos em 3 de janeiro.

No momento em que a variante ômicron atinge fortemente o país, a universidade também registrou 1.688 mortes em 24 horas, um dia depois do dr. Anthony Fauci, principal assessor do governo nesta pandemia, declarar que o aumento de casos de covid-19 nos Estados Unidos é "quase vertical".

A variante ômicron, a mais contagiosa até agora, representou cerca de 59% dos positivos registrados nos Estados Unidos na semana que terminou em 25 de dezembro, segundo dados do governo.

Fauci disse que o caso da África do Sul, onde esta variante foi detectada pela primeira vez no final de novembro e os casos dispararam ao mesmo ritmo que diminuíram em questão de semanas, dava certa esperança.

As taxas de mortalidade e hospitalizações nos Estados Unidos foram muito menores nesta onda do que nas anteriores.

O país registrou 9.382 mortes de covid-19 nos últimos sete dias, 10% a menos que na semana anterior.

Nos últimos sete dias, o país registrou 3,4 milhões de casos, uma média de 486.000 por dia, segundo dados da Universidade Johns Hopkins.

O recorde anterior de casos diários nos Estados Unidos era de 258.000, alcançado na semana de 5 a 11 de janeiro de 2021.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE