EUA e Rússia

Rússia tem adotado medidas para minar segurança europeia, diz conselheiro dos EUA

Conselheiro de Segurança Nacional dos Estados Unidos, Jake Sullivan, afirmou que a Rússia "tem adotado medidas para minar a segurança europeia"

Agência Estado
postado em 13/01/2022 19:15
 (crédito: ANDREW CABALLERO-REYNOLDS)
(crédito: ANDREW CABALLERO-REYNOLDS)

Conselheiro de Segurança Nacional dos Estados Unidos, Jake Sullivan afirmou nesta quinta-feira que a Rússia "tem adotado medidas para minar a segurança europeia". Durante entrevista coletiva da Casa Branca, a autoridade disse que os EUA estão por um lado prontos para seguir e avançar com a via diplomática, "mas também preparados se a Rússia escolher outro caminho".

O governo norte-americano critica a Rússia por reforçar sua presença militar na fronteira ucraniana. "Continuamos a apoiar a Ucrânia e seu povo na defesa de sua integridade territorial", ressaltou Sullivan, dizendo que caso a Rússia atue de forma agressiva os americanos atuarão para impor um "custo significativo" sobre ela.

O conselheiro disse que, após diálogos recentes, não há conversas com autoridades russas já agendadas, neste momento.

Segundo ele, primeiro Washington pretende falar com seus parceiros sobre o quadro. Sullivan pediu que a Rússia adote passos para desinflar as tensões, como reduzir o número de tropas na fronteira com a Ucrânia.

Mais cedo, a União Europeia estendeu sanções contra a Rússia por causa da situação na Ucrânia. Segundo Sullivan, "sanções não são uma panaceia", mas são uma das possibilidades estudadas por Washington, caso a Rússia invada a Ucrânia.

CONTINUE LENDO SOBRE