fake news

Visto, lido e ouvido: Fake, fake, fake

Circe Cunha
postado em 01/05/2022 06:00
 (crédito: Caio Gomez)
(crédito: Caio Gomez)

Que decisões irão tomar os ministros do Supremo, tendo à frente o relator das fake news, quando as investigações deflagradas por essa egrégia corte demonstrarem, de forma cabal, que as fontes principais por onde jorra em grandes torrentes a água suja das notícias falsas estão localizadas em terras da esquerda?

Essa é apenas uma questão que pode definir muito o comportamento desses juízes frente a verdades insólitas. O que se sabe até o momento é que essas práticas criminosas compõem hoje um arsenal de ambos os lados ideológicos, embora a patente dessa invenção pertença originalmente às esquerdas, sendo, inclusive, um dos itens constantes nas cartilhas políticas dessas facções.

É preciso observar toda a cena de longe. As nuances entre verdades e mentiras, inclusive as chamadas pós-verdades e mentiras sinceras. De fato, a mentira é um dos componentes fundamentais do ambiente político. Sem esse recurso, encontrado em todo o mundo animal, como mostram as camuflagens e outros mecanismos biológicos para encontrar alimentos e se proteger, o que seria da vida sobre a Terra? Sem mentiras não se faz política. Muito menos em um país como o nosso, onde as fronteiras entre o certo e o errado são como fumaça.

Fôssemos levar ao pé da letra a criminalização das fake news, seria preciso colocar no xadrez, praticamente, cada político sobre cada palanque. Cada marqueteiro. Cada veículo de propaganda. Cada instituto de pesquisa de opinião. Nada é mais mentiroso do que uma Justiça que jamais atinge os poderosos. De todas as centenas de milhares de presos agora em nossas penitenciárias, não há um único representante de colarinho branco, nenhum corrupto. Essa não é apenas uma constatação, mas uma farsa e uma demonstração de que vivemos na Terra do Nunca, onde a verdade é sempre o que dizem os poderosos.

Infelizmente, esse não é um problema apenas nosso. Parece atingir todo o mundo, a começar pelo midiático, onde figuras tornam-se celebridades da noite para o dia e do mesmo modo são canceladas. Aqui na capital, toda a feira de importados é fake. A picanha do McDonald's é fake. A alma mais honesta deste país é fake, os impostos pagos não trazem progresso para a vida da população.  

Assim como é fake o patriotismo dos eleitores, ao elegerem mentirosos de várias estirpes ideológicas, apenas por sadismo. Não há lugar que se possa olhar neste mundo sem que os traços da mentira estejam presentes. As motivações para a Rússia invadir a Ucrânia são fakes. O comportamento da ONU frente a um problema dessa dimensão também é fake. O que não é fake nesse caso são as milhares de mortes de jovens dos dois lados. O que não é fake em nosso país é a miséria que aumenta.

Vivemos tempos estranhos em que já não existe certeza alguma. Mesmo o aquecimento global fez do clima, anteriormente funcionando como um relógio suíço, virar uma incerteza e uma fake news. Se ainda formos olhar pelo ponto de vista do consumidor, verificaremos que a grande maioria das empresas prestadoras de serviços são fakes, entregando produtos de má qualidade a preços altos, principalmente as que não têm concorrência. Também são fakes os nossos órgãos de fiscalização da saúde, da aviação, das telecomunicações e muitos outros.

Estivéssemos em uma monarquia onde o rei fosse um ardente adepto da ética, com certeza ele diria do alto de seu castelo: saiam todos com as mãos para cima. Estão todos presos.

CONTINUE LENDO SOBRE