Opinião

Unidos da Champions League

Atrás das oitavas de final só não vai quem já morreu. Em tempos de carnaval, o desfile das 16 escolas candidatas ao título entra na passarela na terça-feira

Carnaval, que nada! O mata-mata da Champions League começa nesta terça-feira -  (crédito: Fabrice Coffrini/AFP)
Carnaval, que nada! O mata-mata da Champions League começa nesta terça-feira - (crédito: Fabrice Coffrini/AFP)
postado em 10/02/2024 17:07 / atualizado em 10/02/2024 17:09

Quem não gosta da Champions League, bom sujeito não é. Ou é ruim da cabeça ou doente do pé. Carnaval é tempo de mata-mata do principal torneio de clubes do mundo. Atrás das oitavas só não vai quem já morreu. O desfile das 16 escolas candidatas ao título entra na passarela terça-feira (13). A dispersão é somente na apuração do campeão, em 1º de junho, no arrastão de Wembley, em Londres.

Como folião da Unidos da Champions League, elaborei uma sinopse dos duelos. A comissão de frente reúne os artistas mais habilidosos. Os componentes capazes de hipnotizar a plateia e os jurados. O carnavalesco Pep Guardila colocará na avenida o atual campeão Manchester City contra o Copenhagen. Como não focar no timaço do goleiro número 1 do planeta bola Ederson, das estrelas Rodri, Foden, Bernando Silva, Grealish, Doku, De Bruyne e Haaland?

A terça de carnaval também abre alas para o “Rei Momo” da Champions League. Recordista de títulos com 14 orelhudas, o Real Madrid promete levantar a galera contra o Red Bull Leipzig. Vinicius Junior, Rodrygo e Bellingham tornam o time do coréografo Carlinhos de Jesus, perdão, Carletto Ancelotti, um dos favoritos ao estandarte de ouro.

O carnaval da Champions não tem Quarta de Cinzas. A escola Bayern de Munique abrirá o segundo dia de desfile das oitavas com Sané, Thomas Müller, Musiala e Kane roncando a cuíca no ouvido da Lazio. O centroavante inglês lidera a Chuteira de Ouro com 24 bolas na rede no Campeonato Alemão: 48 pontos na corrida pelo prêmio de maior artilheiro da Europa em ligas nacionais.

No mesmo dia, o PSG deixará o barracão para iniciar a série contra a Real Sociedad. O time francês entrará no circuito com um senhor mestre-sala: Kylian Mbappé. No entanto, ele carece de um “porta-bandeira”. Dembélé e Asensio não lustram as chuteiras de Messi e Neymar. Faltam alegorias e adereços.

A ressaca do mata-mata da Champions League demora a chegar. A farra é prolongada. Na outra semana, em 20 de fevereiro, dois carros alegóricos darão brilho às oitavas. Campeão em 1997, o Borussia Dortmund exibirá o puxador Füllkrug contra o PSV Eindhoven, do intérprete Luuk de Jong. O adversário holandês ostenta no currículo o título continental na edição de 1988.

As baterias dos mestres Diego Simeone e Simone Inzaghi estão afinadas para o mata-mata. Os componentes Griezmann, Depay, Lautaro Martínez e Marcus Thuram são os metrônomos das partidas de ida e volta.

O samba-enredo das oitavas exibe o duelo entre o encantador Arsenal e o traiçoeiro Porto. O jurado Dorival Júnior terá chance de dar notas aos Gabriéis Magalhães, Martinelli, Jesus e Evanilson antes da convocação da Seleção. Por falar na amarelinha, o passista Vitor Roque estreará no torneio pelo Barcelona contra o Napoli.

Portanto, foliões da Champions, escolham a fantasia e ouçam o meu chamado: Alô, comunidade. A hora é essa!

Gostou da matéria? Escolha como acompanhar as principais notícias do Correio:
Ícone do whatsapp
Ícone do telegram

Dê a sua opinião! O Correio tem um espaço na edição impressa para publicar a opinião dos leitores pelo e-mail sredat.df@dabr.com.br

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação