OPOSITOR

Bolsonaro ri ao comentar afastamento de Witzel: 'Rio está pegando hoje, hein?'

O governador do Rio de Janeiro foi afastado do cargo pelo STJ por causa de suspeitas de irregularidades em contratos na saúde durante a pandemia da covid-19

Ingrid Soares
postado em 28/08/2020 11:36
 (foto: Mauro Pimentel/AFP)
(foto: Mauro Pimentel/AFP)

O presidente Jair Bolsonaro riu, na manhã desta sexta-feira (28/8), ao comentar o afastamento do governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel. "O Rio está pegando... Está pegando hoje, hein? Está sabendo? O governador já... Quem é o teu governador?", questionou Bolsonaro entre sorrisos a um apoiador.

“Meu governador? É o vice”, respondeu o homem. O mandatário emendou, em seguida, ironicamente: “A gente está acompanhando aí”. O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), foi afastado do cargo pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ). A decisão ocorre por causa de suspeitas de irregularidades em contratos na saúde durante a pandemia da covid-19. A medida tem validade inicial de 180 dias.

No início das investigações, em junho, Bolsonaro já havia ironizado a situação de seu opositor político afirmando que não iria conversar com o governador por “saber onde ele deverá estar brevemente”, insinuando que o mesmo seria preso em breve.

Mourão

Na chegada ao Palácio do Planalto, o vice-presidente da República, Hamilton Mourão, também falou sobre o caso com jornalistas. Mourão ressaltou que o processo de impeachment pelo qual passa o governador do Rio deverá avançar e considera “difícil” o retorno dele ao cargo.

"O governador está passando por um processo de impeachment. Ainda está uma discussão ali se a comissão que foi montada pela Assembleia está dentro da legislação ou não. Então, eu acredito que ao longo desses próximos seis meses esse processo de impeachment deve avançar. Acho difícil que ele volte", concluiu.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação