JUDICIÁRIO

Barroso manda processo contra Arthur Lira para à Justiça do DF

Na ação, congressista é acusado pela ex-companheira por injúria e difamação

Renato Souza
postado em 06/01/2021 19:05

O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), enviou à Justiça do Distrito Federal uma ação movida contra o deputado Arthur Lira pela ex-esposa do parlamentar, Jullyene Lins. No processo, a mulher acusa Lira por injúria e difamação.

Arthur Lira é o candidato apoiado pelo presidente Jair Bolsonaro para a presidência da Câmara. Após ser acusado de receber dinheiro de corrupção por Jullyene, o deputado afirmou que a ex-mulher é "vigarista profissional" e atua para "extorquir" seu dinheiro.

O ministro Barroso atendeu a pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR). A decisão foi assinada em novembro. A PGR afirmou que o caso se trata de uma situação familiar e não tem relação com o mandato, por isso, deve tramitar na Justiça comum. A defesa do deputado recorreu, alegando que ele respondeu a uma entrevista que se referiu a ele como parlamentar.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE