pandemia

Bolsonaro compartilha vídeo de protesto em frente à casa de Ibaneis

Manifestação ocorreu neste domingo (28/2), quando empresários de Brasília pediram o fim do decreto que determinou o lockdown na capital federal

Correio Braziliense
postado em 28/02/2021 21:37 / atualizado em 28/02/2021 21:38
 (crédito: AFP / EVARISTO SA)
(crédito: AFP / EVARISTO SA)

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) compartilhou, nas redes sociais, vídeo de protesto em frente à casa do governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB). O ato ocorreu neste domingo (28/2). Empresários de Brasília pediram o fim do decreto que determinou o lockdown na capital.

O vídeo mostra manifestantes gritando "queremos trabalhar" e segurando cartazes contra a medida restritiva, que foi implementada por Ibaneis para conter a disseminação da covid-19 e a superlotação nas Unidades de Terapia Intensiva (UTI) no Distrito Federal.

Esta não é a primeira vez em que o presidente se mostra contra o decreto do governador do DF. No sábado (27/2), ele compartilhou um vídeo gravado pela empresária Maria Amélia e escreveu junto da publicação: “o povo quer trabalhar”. A dona de uma rede de doces na capital aparece ao lado de funcionários no vídeo e diz que "lockdown mata de fome".

"Governador, com todo respeito, eu como empresária venho aqui agora em nome dos meus funcionários e da minha empresa. Tivemos um ano muito difícil e estamos nos recuperando com união, com garra. E, neste momento que começamos a alavancar novamente, o senhor vem e quer fechar tudo. Governador, não faça isso, nós precisamos trabalhar", afirma Maria Amélia.

"Como estou fazendo tudo para dar certo, faça o senhor também a sua parte. Votamos no senhor, acreditamos no senhor. Coloque leitos nos hospitais, coloque mais ônibus nas ruas, porque isso que salva a população. Lockdwon mata... Mata de fome", reclama a empresária.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE