PANDEMIA

Bolsonaro diz que TCU põe em dúvida 50% das mortes por covid-19

O Correio questionou o TCU a respeito do levantamento citado pelo presidente. O Tribunal informou que não tem conhecimento sobre o documento e pediu prazo maior para apurar se há algum relatório sobre a informação

Ingrid Soares
postado em 07/06/2021 12:28 / atualizado em 07/06/2021 16:01
 (crédito: Carolina Antunes/ Agência Brasil )
(crédito: Carolina Antunes/ Agência Brasil )

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta segunda-feira (7/6) que um relatório do Tribunal de Contas da União (TCU) revelou que 50% das mortes registradas por covid-19 no Brasil foram por outras causas que não o vírus. A declaração foi dada a apoiadores na saída do Palácio da Alvorada.

“Não é meu. É do tal do TCU, questionando o número de óbitos no ano passado por covid. E ali, o relatório final, não é conclusivo, mas disse que em torno de 50% dos óbitos por covid no ano passado não foram por covid, segundo o Tribunal de Contas da União”, apontou.

O Correio questionou o TCU a respeito do levantamento. O Tribunal informou que não tem conhecimento sobre o documento e pediu prazo maior para apurar se há algum relatório sobre a informação.

"Saiu há alguns dias"

Bolsonaro acrescentou que divulgará o documento nesta tarde. “Esse relatório saiu há alguns dias. Logicamente que a imprensa não vai divulgar. Já passei para três jornalistas com quem eu converso e devo divulgar hoje à tarde. E como é do TCU, ninguém queira me criticar por causa disso. Isso aí muita gente suspeitava. Muitos vídeos que vocês viram de Whatsapp, etc, de pessoas reclamando que o ente querido não faleceu daquilo. Está muito bem fundamentado, todo mundo vai entender, só jornalista não vai entender. O resto, todo mundo vai entender”, acrescentou.

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE