BOLSONARO

Flávio diz que Bolsonaro ficará em observação por 3 dias e que causa pode ser estresse

"Você conhece alguma função mais estressante que presidente da República, ainda mais se tratando de Bolsonaro? É difícil, mas ele está dando o melhor que pode para o país", afirmou o filho "01" do mandatário

Ingrid Soares
postado em 14/07/2021 18:14 / atualizado em 14/07/2021 18:15

O senador Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ) afirmou nesta quarta-feira (14/7) que o pai, o presidente Jair Bolsonaro "está bem", mas que deverá ficar em observação por três dias no Hospital Vila Nova Star, em São Paulo, para avaliação de necessidade de cirurgia. O mandatário estava internado no Hospital das Forças Armadas (HFA), em Brasília, e foi diagnosticado com uma obstrução intestinal, Daí a decisão da equipe médica pela transferência do presidente. 

"A informação é de que ele ficaria três dias em observação para que o doutor Macedo avaliasse lá se tem que haver algum procedimento cirúrgico e que, se fosse necessário isso, algo muito pequeno, sem nenhuma gravidade", apontou o senador. "Conversei com ele pelo telefone ainda um pouco grogue por causa da endoscopia, falou que estava tudo bem, para ficar calmo, tranquilo".

O filho "01" do mandatário relatou ainda a crise de soluço que acometeu Bolsonaro há quase duas semanas ininterruptas. "A gente percebia uma dificuldade dele de falar, de fazer discurso. Ele está se submetendo a uma agenda muito intensa. Todo mundo pedindo para que ele se dedicasse a dormir bem, porque ele não dorme bem. É só ele fazer uma pequena mudança nos seus hábitos alimentares e na sua rotina. Sob os cuidados médicos, muito em breve estará 100%."

O parlamentar destacou que deverá desembarcar amanhã em São Paulo para acompanhar o pai e acrescentou que o estresse pode ter sido causador da crise.

"Você conhece alguma função mais estressante que presidente da República, ainda mais se tratando de Bolsonaro? É difícil, mas ele está dando o melhor que pode para o país.". "Falei com o médico dele mais cedo. Ele me tranquilizou, disse para a família ficar calma, que não tinha nada de mais grave acontecendo, que ele estaria em observação", completou.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE