MUDANÇA

Leila Barros formaliza filiação ao Cidadania nesta quinta-feira (19/8)

Senadora saiu do PSB por não concordar com a guinada do partido à esquerda. Parlamentar era a única representante do partido no Senado

Luana Patriolino
postado em 18/08/2021 15:44

A senadora Leila Barros vai formalizar a sua filiação ao Cidadania nesta quinta-feira (19/8). O ato deve ocorrer durante à tarde, na liderança do partido no Senado. Com a entrada da parlamentar, a legenda passará a contar com três senadores na Casa. Leila é a primeira mulher a se eleger como representante do Distrito Federal no Senado e, também, a primeira cidadã nascida no DF a assumir o cargo.

Barros anunciou a saída do PSB no mês passado. A desfiliação é uma perda importante para o partido. A legenda fica sem nenhuma representação no Senado e sem um nome para lançar ao Palácio do Buriti, já que o principal integrante da legenda no DF, o ex-governador Rodrigo Rollemberg, anunciou que pretende concorrer a um mandato de deputado federal.

Motivação

Segundo revelou a coluna Eixo Capital, o motivo da saída de Leila Barros seria a guinada do partido à esquerda, com uma aproximação com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, com o ingresso do deputado Marcelo Freixo (RJ) e do governador do Maranhão, Flávio Dino, no PSB.

Além de Leila no Senado, o PSB elegeu dois distritais: José Gomes e Roosevelt Vilella. O primeiro foi expulso e teve o mandato cassado na Justiça — embora permaneça no cargo pendurado em uma liminar.

O PSB apostou alto na candidatura da ex-medalhista olímpica. Ela recebeu R$ 3 milhões, teto de repasse partidário. Leila é autora de três projetos já em vigor. A lei que tipifica como crime a prática do stalking; a legislação que trouxe novas regras para a segurança de barragens; e a norma que estabelece normas para ajudar as Santas Casas e hospitais sem fins lucrativos.

A senadora tem como bandeira projetos de proteção dos direitos das mulheres, fortalecimento do esporte, promoção da igualdade e inclusão social.

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE