INDEPENDÊNCIA

7 de Setembro: sem desfile, Bolsonaro participa de solenidade no Alvorada

Presidente não discursou no evento e seguiu para a Esplanada dos Ministérios de helicóptero, onde falará a apoiadores

Ingrid Soares
postado em 07/09/2021 10:17 / atualizado em 07/09/2021 10:20
A cerimônia, ao ar livre, foi iniciada com a chegada de 18 paraquedistas na residência oficial, seguido da entrega da bandeira do Brasil ao presidente por uma paraquedista militar -  (crédito: Ed Alves/CB/DA. Press)
A cerimônia, ao ar livre, foi iniciada com a chegada de 18 paraquedistas na residência oficial, seguido da entrega da bandeira do Brasil ao presidente por uma paraquedista militar - (crédito: Ed Alves/CB/DA. Press)

Em comemoração ao 199º aniversário da Independência do Brasil, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) participou, nesta terça-feira (7/9), da solenidade cívica de hasteamento da bandeira no Palácio da Alvorada. O evento, iniciado às 9h substituiu o tradicional desfile de 7 de setembro, na Esplanada dos Ministérios, e durou pouco mais de 40 minutos.

A cerimônia, ao ar livre, começou com a chegada de 18 paraquedistas na residência oficial, seguida da entrega da bandeira do Brasil ao presidente por uma paraquedista militar. Houve ainda a execução do Hino Nacional, com o hasteamento da Bandeira, seguido de salva de 21 tiros de canhão.

Ao final da cerimônia, a Esquadrilha da Fumaça realizou uma apresentação. Esse foi o segundo ano sem desfile cívico-militar na Esplanada por conta da pandemia. O evento teve estrutura reduzida para a imprensa e público. Mais cedo, o mandatário recebeu aliados e membros do governo em um café da manhã. Eles o acompanharam posteriormente no evento.

Ainda estiveram presentes na cerimônia o vice-presidente Hamilton Mourão, ministros e o ex-presidente Fernando Collor de Melo. Houve ainda a exposição de veículos e navios das Forças Armadas, como blindados, helicópteros e um navio da Marinha.

A exemplo do ano passado, sem máscara, o chefe do Executivo saiu da residência oficial em um Rolls Royce, acompanhado por um grupo de crianças. Já a primeira-dama, Michelle Bolsonaro, que usava um conjunto verde menta, saiu a pé pela porta do Alvorada e cumprimentou presentes.

O mandatário embarcou em um helicóptero e deverá sobrevoar as manifestações no centro de Brasília, e, em seguida, discursar para eleitores. Depois, a expectativa é de que ele siga para São Paulo, na Avenida Paulista, onde também deverá discursar.

No último dia 2, o presidente disse que "ninguém precisa temer o 7 de Setembro".

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE