7 DE SETEMBRO

Público em ato pró-Bolsonaro na Esplanada chegou a 400 mil pessoas, avalia PM

Informações sobre a quantidade de manifestantes ainda são tratadas de forma extraoficial. Cerca de 600 caminhões participaram da mobilização

Samanta Sallum
postado em 07/09/2021 15:20 / atualizado em 07/09/2021 15:32
 (crédito: Ed Alves/CB/D.A Press)
(crédito: Ed Alves/CB/D.A Press)

Números extraoficiais da Polícia Militar do Distrito Federal apontam que havia pelo menos 400 mil pessoas na manifestação pró- Bolsonaro na Esplanada dos Ministérios, na manhã desta terça-feira (7/9). Cerca de 600 caminhões participaram da mobilização.

Segunda a PM, a operação de segurança foi bem sucedida. Não há registro de lesão de manifestantes nem de policiais. Uma pessoa foi detida por policiais militares, na Esplanada, por portar drogas e quatro celulares. Ele foi conduzido à 5ª Delegacia de Polícia. Ele foi autuado em flagrante. A ocorrência está em andamento.

Um outro flagrante foi registrado e encaminhado ao Departamento de Polícia Especializada (DPE), por porte de drogas e de arma branca. O flagrante ocorreu atrás do Ministério da Economia. Ele assinou Termo de Compromisso e foi liberado.

O último evento na Esplanada que reuniu tanta gente, segundo a PM, foi na celebração do tetracampeonato do Brasil na Copa do Mundo, em 1994, com mais de 600 mil pessoas na região.

O balanço oficial do policiamento será divulgado nesta tarde pela Secretaria de Segurança do DF.

Confira a nota divulgada pela SSP-DF

A Secretaria de Segurança do Distrito Federal (SSP/DF) informa que as forças de segurança locais estão atuando de forma integrada e seguindo protocolo elaborado previamente. O documento foi criado com base em levantamentos de inteligência e pactuado entre o governo e organizadores das manifestações desta terça-feira (7).


Uma pessoa foi detida por policiais militares, na Esplanada, por portar drogas e quatro celulares. Ele foi conduzido à 5ª Delegacia de Polícia. Ele foi autuado em flagrante. A ocorrência está em andamento.
Um outro flagrante foi registrado e encaminhado ao Departamento de Polícia Especializada (DPE), por porte de drogas e de arma branca. O flagrante ocorreu atrás do Ministério da Economia. Ele assinou Termo de Compromisso e foi liberado.

As revistas estão sendo realizadas em pontos estratégicos, em locais pré-determinados para os manifestantes pró e contra o governo.

A Polícia Militar do Distrito Federal encontra-se com efetivo em toda área central.

O Corpo de Bombeiros Militar do DF não registrou nenhuma ocorrência grave até o momento. O Departamento de Trânsito do DF (Detran-DF) segue dando apoio às ações de trânsito. A Praça dos Três Poderes permanece interditada por gradil e linha de policiais.



Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE