Viagem a Dubai

Esposa de Eduardo Bolsonaro ataca ex-presidentes Lula e Dilma após foto polêmica

Deputado federal e Heloísa rebateram as críticas envolvendo foto postada pelo casal nos Emirados Árabes. Segundo ela, passeio foi feito com "recursos próprios". Contudo, nenhum documento oficial foi apresentado para explicar financiamento da viagem em família

Tainá Andrade
postado em 18/10/2021 13:36 / atualizado em 18/10/2021 13:37
 (crédito: Redes Sociais/Reprodução)
(crédito: Redes Sociais/Reprodução)

A foto turística, de quase mil reais, divulgada na rede social da esposa do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) poderia ser apenas uma lembrança de uma viagem aos Emirados Árabes, mas gerou polêmica sobre como a viagem foi financiada. Filho do presidente Jair Bolsonaro, o deputado foi a Dubai com comitiva de 69 pessoas e aproveitou para se fantasiar de sheik ao lado da esposa e da filha. Heloísa Bolsonaro respondeu às críticas atacando a oposição e alegando que o passeio foi feito com "recursos próprios".

Em um story no seu Instagram, ela publicou uma foto de Dilma Rousseff dormindo em um voo de primeira classe e escreveu que os ex-presidentes Lula e Dilma “debocham” do povo brasileiro. Foi uma tentativa de  comparar a situação ao que está vivendo após publicar registro de sua viagem em família nas redes sociais. Segundo ela, a ida a Dubai foi "a passeio e a trabalho". “Sempre que viajamos fazemos com recursos próprios. Não há preço que pague essa consciência tranquila e não precisar esconder nada que fazemos”, continuou.

O deputado federal, “filho 02” do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), também se manifestou em seu Twitter atacando também governadores que agiram para combater a pandemia da covid-19. Ele relembrou o problema da fome no Brasil, culpou a política do “fique em casa” e informou que viajou ao país árabe para atrair empregos para o Brasil.

Na polêmica foto, o casal e a filha estão vestidos de trajes típicos do oriente médio em um cenário que representa os Emirados Árabes. A lembrança custou mil reais e nenhum documento oficial que comprove as alegações da família foi apresentado.

 

 


Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE