Capes

Mais 28 pesquisadores renunciam aos cargos na Capes; total chega a 80

Debandada dessa vez partiu de pesquisadores da área da química e número de renúncias chega a 80

Raphael Felice
postado em 01/12/2021 21:06
 (crédito: Capes)
(crédito: Capes)

Mais 28 pesquisadores renunciaram as atribuições na Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal do Ensino Superior (Capes). Pesquisadores da área da química pediram desligamento de funções no processo de avaliação em cursos pós-graduação, nesta quarta-feira (1/12).

Segundo os cientistas, falta diálogo com a presidência da Coordenação. Os motivos são semelhantes aos colocados por profissionais das áreas de matemática e física, que também haviam renunciado. Até o momento 80 pessoas renunciaram a seus cargos na Capes.

Na carta de renúncia, profissionais da química apontam que as atribuições como consultores e coordenadores são trabalhos voluntários."Aceitamos de bom grado colaborar com a Capes, sabendo que uma avaliação indutiva e formadora é o caminho para melhora a qualidade na formação de recursos humanos para o país, na produção de conhecimento e na transferência desse conhecimento para a sociedade", afirmam.

A CAPES é uma agência vinculada ao Ministério da Educação (MEC), e tem como atribuição apoiar as universidades, por meio dos seus programas, e atuar na expansão e consolidação da pós-graduação stricto sensu em todos os estados brasileiros. Desde abril de 2021, a agência é presidida pela reitora do Centro Universitário de Bauru, Claudia Mansani Queda de Toledo.

 

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE