PODER

Caetano Veloso: "Eu já estou de Lula", diz cantor sobre eleições 2022

O artista disse que o ex-presidente e o pré-candidato Ciro Gomes estão no coração dele

Talita de Souza
postado em 20/12/2021 23:52
 (crédito: Reprodução/TV Cultura)
(crédito: Reprodução/TV Cultura)

Após apoiar Ciro Gomes (PDT) para a presidência da República nas eleições de 2018, o cantor Caetano Veloso confirmou que está decidido a votar em Lula no pleito de 2022. Ao ser questionado sobre a quem vai doar o apoio nas urnas, ele foi direto ao responder que “já está” com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). A declaração foi feita na edição desta segunda-feira (20/12) do programa Roda Viva, da TV Cultura.

“Você vai de Lula?”, perguntou a repórter Vera Magalhães. “Total”, respondeu enfático. “Eu já estou de Lula, de certa forma, porque as coisas estão configuradas. Meu coração está com Lula e com Ciro”, afirmou. A declaração foi feita logo após o cantor dizer que não sabia se definir politicamente, mas que estava “à esquerda de mim mesmo”.

O artista também criticou a operação da Polícia Federal (PF) contra o pré-candidato Ciro Gomes e o irmão, Cid Gomes, na última quarta-feira (15/12). Ele contou que vê a operação com a mesma “desconfiança” com que acompanhou a Lava-Jato, processo investigatório que tornou o ex-juiz Sérgio Moro em uma pessoa pública — ao passo que também rendeu a ele um cargo de ministro do governo Bolsonaro após os julgamentos, inclusive o julgamento e prisão do ex-presidente Lula.

“Mesmo porque ele foi se revelando muito tendenciosa, o alinhamento político de Moro com Bolsonaro. Ele tem dificuldade de desfazer (a relação) agora e ele merece isso. Tem que enfrentar dificuldade mesmo, é o mínimo”, disse. Veja o momento: 

A edição que recebe Caetano Veloso conta com as perguntas de Luiz Antonio Simas, professor e escritor, Adriana Couto (TV Cultura), Mariliz Pereira Jorge (Folha de S. Paulo), Maria Fortuna (O Globo), Leonardo Lichote (crítico musical) e Ademir Correa (Rolling Stone Brasil). O programa teve o comando de Vera Magalhães.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE