ELEIÇÕES

Mourão confirma que não será vice de Bolsonaro e que concorrerá ao Senado

General disse que a decisão sobre seu futuro político "será comunicada brevemente". Mas ressaltou que ainda não escolheu uma sigla: "Agora, é só uma questão de partido"

Ingrid Soares
postado em 11/02/2022 15:00 / atualizado em 11/02/2022 15:00

O vice-presidente Hamilton Mourão (PRTB) confirmou nesta sexta-feira (11/2) que disputará o cargo de senador pelo Rio Grande do Sul, estado onde nasceu. Consequentemente, não estará na chapa de tentativa de reeleição de Bolsonaro este ano. A declaração foi dada a jornalistas na saída do Palácio da Alvorada.

O general usava uma máscara com a bandeira do Rio Grande do Sul e foi questionado se o símbolo era um indicativo de que concorreria ao Senado pelo estado. "Lógico né", respondeu.

"O senador Flávio [Bolsonaro] andou falando por aí [que sou candidato ao Senado]", afirmou, acrescentando que sua decisão "será comunicada brevemente". Mas ressaltou que ainda não escolheu uma sigla: "Agora é só uma questão de partido".

A composição na disputa, segundo o general, dependerá ainda de quem concorrerá como candidato a governador do estado. "Tem dois pré-candidatos do nosso campo. Onyx (Lorenzoni) e (Luiz Carlos) Heinze. Vamos aguardar para ver o que vai sair disso aí", concluiu. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE