GOVERNO

Braga Netto é exonerado da Defesa e ganha cargo de assessor no Planalto

General Braga Netto deve compor a chapa de Bolsonaro como vice-presidente. Em seu lugar na pasta, foi nomeado o comandante do Exército, Paulo Sérgio Nogueira de Oliveira

Ingrid Soares
postado em 31/03/2022 16:43 / atualizado em 31/03/2022 16:45
 (crédito: Marcello Casal Jr/Agência Brasil)
(crédito: Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

O presidente Jair Bolsonaro (PL) exonerou nesta quinta-feira (31/3) o ministro da Defesa, Walter Braga Netto, que deverá compor sua chapa como vice na corrida presidencial. Em seu lugar, nomeou Paulo Sérgio Nogueira de Oliveira, comandante do Exército. As medidas foram publicadas no Diário Oficial da União (DOU).

Já para o cargo de Oliveira, Bolsonaro nomeou Marco Antônio Freire Gomes, agora ex-comandante de Operações Terrestres.

O documento trouxe ainda a nomeação de Braga Netto como assessor especial do gabinete pessoal do Presidente, no código DAS 102.6.

Também foram publicadas as exonerações de outros nove ministros que concorrerão às eleições.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE