Sergipe

Bolsonaro diz que titulação de terras pelo governo federal pôs fim ao MST

Segundo o presidente Bolsonaro, agora, o assentado se tornou proprietário de suas terras e parceiro do fazendeiro

Deborah Hana Cardoso
postado em 17/05/2022 12:21 / atualizado em 17/05/2022 12:21
 (crédito: Reprodução/TV Brasil)
(crédito: Reprodução/TV Brasil)

O presidente Jair Bolsonaro (PL) participou nesta terça-feira (17/5) da cerimônia de inauguração da duplicação de trecho da BR-101/SE e Conclusão dos Acessos à Ponte sobre o Rio São Francisco. O evento aconteceu em Propriá, no Sergipe.

Bolsonaro alegou durante a cerimônia que a intensa entrega de títulos de terra feita pelo governo federal por meio do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) levou ao “fim do MST [Movimento sem Terra]”.

Segundo ele, os assentados agora são parceiros dos fazendeiros, se tornando cidadãos, e que figuras como João Pedro Stedile, líder dos trabalhadores rurais, e José Rainha Júnior não seriam mais possíveis. “Botamos fim”, ressaltou. Após a declaração, o presidente foi aplaudido e chamado de “mito” pelos presentes.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE