BATE-BOCA

VÍDEO: Aras e subprocurador batem boca: "Não posso admitir bagunça"

Vídeo mostra procurador-geral da República indo em direção ao colega durante discussão. Seguranças interferiram

Luana Patriolino
postado em 24/05/2022 17:16
 (crédito: Jefferson Rudy/Agência Senado)
(crédito: Jefferson Rudy/Agência Senado)

O procurador-geral da República, Augusto Aras, perdeu a paciência e quase partiu para cima do subprocurador Nívio de Freitas, durante uma sessão do Conselho Superior do Ministério Público Federal nesta terça-feira (24/5). O PGR chegou a se levantar da cadeira e precisou ser contido por seguranças [veja o vídeo].

A confusão começou assim que Aras anunciou que abriria uma votação, ao que foi interrompido pelo subprocurador: “Posso sustentar meu ponto de vista, presidente?” Aras respondeu: “Pode. Eu só não posso admitir aqui essa bagunça que o colega…” Neste momento, o PGR foi interrompido mais uma vez por Nívio de Freitas.

“Não, bagunça, Vossa Excelência também interferiu quando o colega estava falando. Então, se vossa excelência quer respeito, me respeite também”. Aras retrucou: “Vossa Excelência não é digno de respeito”. 


A discussão seguiu e os dois bateram nas mesas. Augusto Aras se levantou da cadeira e foi em direção ao colega. As imagens mostram um segurança correndo antes de a transmissão ser suspensa.

O Correio entrou em contato com a PGR, mas, até o momento, a procuradoria ainda não teve retorno. O espaço segue aberto para manifestação do órgão.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE