POLÍCIA FEDERAL

Jovem que ameaçou Lula é alvo de mandados de busca e apreensão

Ações foram realizadas em Aracruz, no Espírito Santo. Acusado admitiu as ameaças realizadas pelas redes sociais

O jovem sugeriu a criação de uma
O jovem sugeriu a criação de uma "vaquinha" para contratar um atirador de elite para atentar contra a vida do presidente - (crédito: Ed Alves/CB/DA.Press)
postado em 06/02/2024 12:04

A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta terça-feira (6/2), uma operação para o cumprimento de mandado de busca e apreensão contra um jovem, identificado como André Luiz, acusado de ameaçar o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). A ameaça ocorreu em um post feito pelo deputado federal Nikolas Ferreira no X, antigo Twitter.

Nikolas não é investigado. Pelas redes sociais, o jovem sugeriu a criação de uma "vaquinha" para contratar um atirador de elite para atentar contra a vida do presidente.

De acordo com a PF, a "equipe da Delefaz (Delegacia de Crimes Fazendários), encarregada da operação, cumpriu as ordens judiciais que foram expedidas pelo Juízo da 1ª Vara Federal de Linhares/ES na residência do suspeito em Aracruz/ES, bairro Bela Vista, foram apreendidos o celular e o computador do investigado".

A operação foi iniciada para investigar a prática das infrações penais de ameaça e de incitação ao crime. Os investigadores afirmaram que o suspeito "colaborou e admitiu as postagens nas redes sociais".

O nome da Operação Eco faz alusão à mitologia grega, especificamente a uma jovem que falava demais.

Gostou da matéria? Escolha como acompanhar as principais notícias do Correio:
Ícone do whatsapp
Ícone do telegram

Dê a sua opinião! O Correio tem um espaço na edição impressa para publicar a opinião dos leitores pelo e-mail sredat.df@dabr.com.br

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação